Conecte-se Conosco

Negócios

A Ascensão do T10 Bank

Publicado

em

De Advogado em Campinas à fintech com tecnologia proprietária. Como o Dr. José Rodrigues está Redefinindo o Setor Bancário para PMEs

Em um mercado financeiro dominado por gigantes, a trajetória do T10 Bank se destaca como um conto de inovação e determinação. No centro dessa revolução está Dr. José Rodrigues, um advogado de Campinas cuja insatisfação com os serviços bancários tradicionais o levou a fundar uma das fintechs mais promissoras do Brasil.

“Eu via uma lacuna significativa no mercado. Os serviços bancários tradicionais simplesmente não atendiam às necessidades das pequenas e médias empresas”, relata Dr. Rodrigues. Essa percepção o impulsionou a tomar uma decisão audaciosa: abrir sua própria fintech, o T10 Bank, em janeiro de 2020. “Queríamos criar algo que realmente fizesse a diferença no dia a dia dos empresários”, acrescenta.

Para transformar sua visão em realidade, Dr. Rodrigues uniu forças com Denis Ribeiro, Fabio de Biasi, Patrick Cozzi e, posteriormente, Wagner Amorim, formando um time de empreendedores com vasta experiência e paixão por inovação. Juntos, eles identificaram as principais dificuldades enfrentadas por empreendedores e pequenas empresas no acesso a serviços financeiros eficientes e acessíveis.

Os números do mercado financeiro brasileiro ressaltam a necessidade de mudança. Segundo dados recentes, mais de 70% das PMEs no Brasil enfrentam desafios significativos com bancos tradicionais, incluindo altas taxas e processos burocráticos.

Neste cenário, o T10 Bank rapidamente se estabeleceu como uma alternativa viável, atraindo mais de 3 mil correntistas nos primeiros seis meses de operação e projetando ultrapassar 18.000 clientes até o final de 2023.

Oceano azul

Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), das 21 milhões de empresas ativas no País, quase 99% são PMES. Apenas as MEIs representam 15,4 milhões de empresas.

Já de acordo com o Sebrae, atualmente, as PMEs equivalem a 50% do valor agregado nacional, gerando 60% dos empregos brasileiros e representando 30% do PIB. Somente em 2022, a renda gerada pelos pequenos negócios no Brasil foi de R$ 420 bilhões.

Diante de números que falam por si só, os fundadores do T10 Bank, cientes das dores enfrentadas por esses empreendedores na busca por créditos ou serviços financeiros que atendam suas reais necessidades, viram a oportunidade de democratizar o acesso às linhas de crédito e serviços administrativos financeiros de qualidade por preços acessíveis.

Apesar da existência do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), existem inúmeras queixas sobre as dificuldades de acesso ao dinheiro. Se de um lado os bancos privados se protegem de calotes, por outro as linhas públicas não chegam até esses empreendedores, seja por falta de acesso à informação ou por não conseguirem atender às exigências impostas por ambos os meios. Desse modo, o empresário responsável por uma PME no Brasil encontra-se sem fôlego financeiro para sobreviver.

Por meio de soluções administrativas e financeiras, o T10 Bank viabiliza ao empreendedor serviços que facilitam o fluxo de caixa, gestão de pagamentos, emissão de boletos e outras facilidades tecnológicas que auxiliam na gestão do negócio. “Para muitos de nossos correntistas, funcionamos como uma extensão do departamento financeiro e administrativo”, revela Rodrigues.

Com abordagem centrada no cliente e tecnologia de ponta, o sucesso do T10 Bank é uma consequência. “Havia uma carência no setor financeiro em atender as PMEs com qualidade. Aqui não falamos de pessoas desbancarizadas, mas de milhares de pessoas que são          depreciadas por causa do potencial de faturamento de suas empresas, há muita insatisfação com os serviços prestados pelos bancos tradicionais”, explica o executivo.

Nesse cenário, Wagner Amorim liderou a frente tecnológica da fintech e desenvolveu soluções inovadoras e integradas, proporcionando uma experiência bancária qualificada, eficiente e segura. “Nossa tecnologia é um diferencial. Ela nos permite oferecer serviços rápidos, seguros e personalizados”, explica Amorim.

Em novembro de 2023, o T10 Bank alcançou o break even. Esse ponto de equilíbrio financeiro chegou em apenas três anos após a sua fundação. Tal feito é ainda mais impressionante considerando o tempo de 5 a 7 anos que as fintechs levam em média para atingir este estágio. “Este é um testemunho do nosso compromisso com a excelência e uma prova de que estamos no caminho certo”, comemora Dr. Rodrigues.

​​Trajetória Profissional e Acadêmica de Dr. José Rodrigues

Dr. José Rodrigues, cuja formação inclui uma graduação em Direito pela Universidade Paulista, uma pós-graduação em Direito Empresarial pela FGV e especialização em Direito Tributário pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, tem uma rica experiência profissional. Ele atuou como advogado sênior no escritório Plácido Rodrigues Advogados, onde lidou com casos complexos no âmbito empresarial. Além de sua carreira jurídica, Dr. Rodrigues é autor, coach, palestrante e fundador de um movimento social de defesa e proteção ao crédito. Seu livro, “Dr. Poder”, reflete sua filosofia inspiradora.

Visão de futuro

Nos próximos anos, a fintech se prepara para expandir ainda mais seu portfólio de produtos e serviços, com um foco contínuo em inovação e excelência no atendimento ao cliente. “Nossa jornada está apenas começando”, afirma Dr. Rodrigues. “Não vemos o T10 Bank apenas como um banco, mas como hub de soluções financeiras, um parceiro essencial para o crescimento e sucesso das PMEs brasileiras”, afirma.

Com a parceria recente anunciada com Luciano Szafir, a imagem do T10 Bank continua a crescer, reforçando sua posição como um player significativo e inovador no mercado de fintechs brasileiro. “Estamos prontos para novos desafios e para continuar a transformar o setor bancário no Brasil”, conclui Dr. Rodrigues, olhando confiante para o futuro.

Sobre o T10 Bank:

O T10 Bank, fundado em janeiro de 2020 por cinco empreendedores visionários, visa transformar a experiência bancária para PMEs no Brasil. Com uma abordagem centrada na inovação e no cliente, o T10 Bank se destaca como um líder emergente no espaço fintech nacional, um hub de soluções financeiras e administrativas para PMEs.

Para mais detalhes sobre as ofertas e diferenciais do T10 Bank, acesse www.t10.com.br

Continue lendo

Mingos Lobo

Empreendedorismo Social: quando ativismo se torna uma carreira de sucesso

Publicado

em

De

No cenário atual, o empreendedorismo social emerge como uma poderosa ferramenta para transformar comunidades e promover justiça social. Uma das figuras que se destacam nessa área é Tatiana Souza, presidente do Instituto Macedônia, cuja liderança visionária tem sido crucial para o sucesso da instituição.

Fundado em 1985, o Instituto Macedônia surgiu do engajamento dos moradores do Jardim Macedônia em movimentos populares liderados por mães da região. Tatiana, que começou como educadora, assumiu a presidência e transformou a organização, expandindo seus serviços de três para quinze em parceria com a prefeitura de São Paulo. Atualmente, o instituto emprega cerca de 250 funcionários, oferecendo uma ampla gama de serviços que atendem crianças, mulheres, idosos e promovem o empreendedorismo e a sustentabilidade ambiental.

A liderança feminina no terceiro setor tem mostrado resultados notáveis no Brasil. Segundo dados recentes, as ONGs lideradas por mulheres têm crescido significativamente. Um exemplo notável é a Casa Durval Paiva, em Natal, que tem se destacado pela inovação e impacto social, lançando aplicativos para melhorar a comunicação e doações​​. Outra organização de destaque é a Rede Mulher Empreendedora, liderada por Ana Fontes, que tem apoiado milhares de mulheres a iniciar e expandir seus negócios, promovendo a igualdade de gênero no empreendedorismo​.​

Dados e Impacto

Estudos mostram que as mulheres líderes tendem a gerar melhores resultados econômicos e sociais. De acordo com o Global Gender Gap Report de 2022, os negócios liderados por mulheres cresceram 41%, enquanto aqueles liderados por homens aumentaram apenas 22%​. Além disso, a promoção da igualdade de gênero em altos cargos executivos pode aumentar o PIB global entre US$ 2,5 trilhões e US$ 5 trilhões​ ​.

Tatiana Souza exemplifica esse impacto positivo. Sob sua gestão, o Instituto Macedônia não só expandiu seus serviços como também tornou-se um modelo para outras ONGs. Tatiana presta consultoria para diversas organizações, ajudando-as a crescer e a se tornarem parceiras estratégicas do governo, replicando o sucesso do Instituto Macedônia em outras comunidades​.

O Impacto do Instituto Macedônia

O Instituto Macedônia tem uma missão clara: ser uma luz de esperança, contribuindo para o autodesenvolvimento, educação e cidadania de crianças, adolescentes e famílias. Sua visão é criar uma comunidade mais justa e inclusiva, transformando a vida de pessoas em situação de vulnerabilidade por meio de seus projetos. Os valores do instituto incluem união popular, empoderamento individual, inclusão social, educação integral, dignidade e respeito.

Entre os diversos serviços oferecidos, destacam-se:

  • CAE Idoso: Serviço que promove a socialização e participação ativa das pessoas idosas na vida social.
  • Rede Cozinha Escola: Programa que distribui 400 marmitas diárias gratuitamente, combatendo a insegurança alimentar.
  • SASF: Oferece atividades de convivência e fortalecimento de vínculos para famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade.
  • CAE Mulher: Atendimento a mulheres em situação de violência doméstica, oferecendo proteção integral e apoio à autoestima.
  • NCI: Atividades para pessoas com 60 anos ou mais, estimulando a construção e reconstrução de suas histórias e vivências.
  • CCAS: Ambiente de convivência para crianças e adolescentes, abrangendo desde jogos até cultura e esportes.
  • SAICA: Trabalho de cuidado, orientação e proteção integral a crianças e adolescentes em situação de risco.
  • CEIS: Garantia de um ambiente seguro e desafiador para o desenvolvimento infantil.

Conclusão

O empreendedorismo social, impulsionado por líderes como Tatiana Souza, demonstra que ativismo pode, sim, ser uma carreira de sucesso. As mulheres no comando dessas organizações não apenas promovem mudanças significativas em suas comunidades, mas também inspiram futuras gerações a seguir seus passos, mostrando que é possível transformar a sociedade através da dedicação e liderança.

Tatiana Souza destaca a importância da liderança feminina no setor social: “Acredito que quando as mulheres assumem a liderança, trazem consigo uma perspectiva única e essencial que promove a inclusão e o desenvolvimento sustentável. Meu objetivo é continuar inspirando e capacitando outras mulheres a seguirem esse caminho, transformando ainda mais vidas e comunidades.”

Essa trajetória exemplifica como o ativismo e o empreendedorismo social podem convergir para criar uma carreira gratificante e de grande impacto social.

Sobre o Instituto Macedônia

Fundado em 1985, o Instituto Macedônia é uma organização sem fins lucrativos com sede em São Paulo, dedicada a promover o autodesenvolvimento, a educação e a cidadania de crianças, adolescentes e famílias em situação de vulnerabilidade social. Com mais de 40 anos de atuação, o instituto cresceu significativamente sob a liderança de Tatiana Souza, expandindo seus serviços de três para quinze, em parceria com a prefeitura local. O Instituto Macedônia é reconhecido por sua abordagem inclusiva e por fomentar a união popular, o empoderamento individual, a educação integral e a dignidade humana. A organização é um farol de esperança para a comunidade, transformando vidas através de uma vasta gama de serviços e programas que incluem suporte a idosos, mulheres e crianças, além de projetos focados em meio ambiente e empreendedorismo.

Sobre Tatiana Souza

Tatiana Souza é empresária e presidente do Instituto Macedônia, onde começou sua jornada como educadora. Com um vasto histórico profissional que inclui assessoria parlamentar e assistência social, Tatiana tem sido uma peça fundamental na expansão e no impacto contínuo do Instituto. Sob sua liderança, o Instituto Macedônia fortaleceu sua infraestrutura e expandiu suas operações, aumentando significativamente o alcance de seus programas de assistência. Tatiana é conhecida por sua dedicação  à justiça social e seu compromisso com a melhoria da qualidade de vida das pessoas em situação de vulnerabilidade. Através de sua liderança  , ela continua a inspirar uma equipe de mais de 200 colaboradores dedicados a fazer a diferença na comunidade.

Continue lendo

Ciência

Dupla Alex & Matielo revela mais uma pérola musical com o lançamento de “Bluetooth”

Publicado

em

De

A dupla sertaneja Alex & Matielo está pronta para incendiar as plataformas digitais com o lançamento da sua terceira faixa do DVD “No Tempo Certo”. Intitulada “Bluetooth”, a música promete envolver os ouvintes com sua melodia contagiante.

Combinando harmonias irresistíveis e letras que falam ao coração, “Bluetooth” é mais uma prova do talento inegável da dupla em criar músicas que ressoam com o público. O lançamento oficial está marcado para sexta-feira, dia 14 de junho, em todas as plataformas digitais, além de uma estreia especial no YouTube às 12h.

Gravado em Goiânia, o DVD “No Tempo Certo” promete ser uma verdadeira celebração da música sertaneja, e “Bluetooth” é uma adição empolgante a este projeto ambicioso.

Prepare-se para mergulhar em uma experiência musical única com Alex & Matielo. Não perca o lançamento de “Bluetooth” e acompanhe todas as novidades da dupla nas redes sociais.

Para ouvir “Bluetooth”, acesse: Bluetooth – Alex & Matielo: https://onerpm.link/bluetooth_alexematielo

Continue lendo

Negócios

Temporadas de praia do Araguaia/Tocantins aquece economia regional

Publicado

em

De

(Praia de Luiz Alves, em São Miguel do Araguaia – Goiás. Crédito: Prefeitura de São Miguel do Araguaia)

Mais de 1 milhão de turistas devem frequentar as praias do rio Araguaia apenas no estado de Goiás. A temporada de praias de água doce no estado do Tocantins aguarda  Mais de 1 milhão e meio de turistas

As praias temporárias ao longo dos rios Araguaia e Tocantins não só criam paisagens deslumbrantes, mas também se transformam em importantes pólos turísticos durante a estação seca, entre junho e agosto. Essas extensas áreas de areia atraem visitantes para atividades como camping e lazer, enquanto na estação das cheias, os passeios de barco e a observação da natureza renovada predominam.

Além de serem pontos de encontro e recreação, estas praias desempenham um papel catalisador na economia local. O turismo impulsiona o crescimento dos negócios locais, aumentando a oferta de empregos e melhorando a infraestrutura. Dados de 2023 do Ministério do Turismo revelam que a economia das regiões Centro-Oeste e Norte é significativamente influenciada pelo fluxo sazonal de turistas. O Anuário Estatístico do Ministério aponta um aumento de mais de 120% na demanda por restaurantes e hotéis, refletindo diretamente em uma maior taxa de ocupação e em um aumento no volume de negócios.

Em 2024, a Temporada de praias do Rio Araguaia em Goiás, conhecida como “Temporada Mais Araguaia” espera atrair mais de 1 milhão de turistas nos meses de junho e julho. Para o Tocantins, a expectativa é de que a temporada também seja movimentada, com cerca de 1 milhão e meio de turistas passando pelas diversas cidades com atrativos turísticos. 

Aquecimento do Varejo

(Novo Mundo.Com destaca aumento na venda de essenciais para atividades ao ar livre)

De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), durante os meses de junho e julho, coincidindo com a temporada de praias, observa-se um aumento na procura por produtos essenciais para atividades ao ar livre. Entre os itens mais procurados estão caixas e bolsas térmicas, churrasqueiras, cadeiras de praia e panelas elétricas, que registram um crescimento significativo nas vendas. O relatório do Ministério do Turismo aponta ainda um incremento de mais de 50% nas vendas de artigos de caça, pesca e acampamento.

Bruno Lobo, Gerente de marketing da NovoMundo.Com, um dos principais varejistas do Centro-Norte do país, destaca a crescente demanda observada nas lojas da rede. “Há um aumento expressivo na busca por equipamentos essenciais em acampamentos como colchonetes, panelas elétricas, ventiladores, caixas de som, estes itens são muito procurados por aqueles que planejam acampar. Os produtos oferecem conforto e praticidade para os clientes, que buscam aproveitar suas férias ao máximo,” explica. Comparado ao ano anterior, a rede NovoMundo.Com espera um crescimento nas vendas desses itens de cerca de 15%. “Essa tendência de aumento reflete-se tanto nas nossas vendas físicas quanto no comércio eletrônico, indicando um forte impulso em ambos os canais,” conclui.

Mercado da Moda também comemora aumento das vendas

(Mega Moda Park, uma das unidades do shopping atacadista Mega Moda)

O mercado da moda regional também celebra a temporada com a venda de moda praia. Com mais de 1500 marcas, sendo 73% delas produtoras de moda própria, as vitrines das unidades do Mega Moda, composto pelo Mega Moda Shopping, Mega Moda Park e Mini Moda, já exibem as últimas tendências do segmento e apostam em uma boa movimentação para o período.

“Segundo dados dos nossos lojistas do segmento, a expectativa é que a demanda por biquínis, sungas, maiôs e saídas de praia supere os 50% até o final do mês. Temos recebido ônibus de compras de cidades com ‘praias de rio’ de Goiás e de outros estados como Tocantins, Pará e Mato Grosso, em busca deste tipo de produto”, afirma Paula Sepulveda, Gerente de marketing do Mega Moda.

Continue lendo
Propaganda

Destaque