Conecte-se Conosco

Negócios

Bolsas de estudo 100% gratuitas: Korú oferece oportunidade de ensino profissionalizante para pessoas em vulnerabilidade social

Publicado

em

Escola já ofereceu mais de R$ 1 milhão em bolsas de estudo para o programa que contempla mulheres, pessoas negras, LGBTQIA+, pessoas com deficiências, pessoas com mais de 50 anos e pessoas sem um emprego formal

A Universidade Corporativa Korú está com inscrições abertas para seu programa de bolsas de estudo gratuitas. As bolsas integrais têm foco no público em vulnerabilidade social e são destinadas às mulheres, pessoas negras, LGBTQIA+, pessoas com deficiências, pessoas com mais de 50 anos e pessoas sem um emprego formal. Os cursos profissionalizantes são das áreas de tecnologia, marketing e vendas, indústria e liderança e terão formato híbrido para quem estiver em Campinas (SP) ou São Paulo (SP) e no modelo EAD para o restante do país,  com cargas horárias de 60 a 180 horas.

A Korú, que já ofereceu mais de R$ 1 milhão em bolsas de estudo, inicia 2024 com 40 colaboradores, 3,5 mil alunos e 250 professores.  Em 6 meses, os alunos saem prontos para assumir novas atividades de trabalho. Os candidatos podem se inscrever por meio do link https://edu.escolakoru.com.br/bolsa-100.

“Também é um papel das empresas transformar a realidade social e o mercado de trabalho. A educação é a base para isso. Ao formar pessoas em vulnerabilidade social, aumentamos as oportunidades delas e contribuímos para que as corporações sejam mais diversas e inclusivas”, afirma Tainá Rodrigues, cofundadora e diretora de Produtos da Korú.

Os cursos disponíveis são Desenvolvimento de Software Full Stack, Marketing Digital, Produtos Digitais e Engenharia de Dados. Bolsas de até 75% são ofertadas aos que não atendem aos requisitos para isenção de mensalidade. Os professores são experts do mercado, profissionais das principais empresas de tecnologia no Brasil.

Os cursos desenvolvem tanto as habilidades comportamentais quanto as técnicas e o método utilizado é o “work based learning”, que significa aprendizagem baseada em trabalho, assim, os estudantes da Korú desenvolvem projetos reais para empresas reais.

Há quase dois anos no mercado, a Korú se tornou uma Universidade Corporativa. Seu programa de bolsas é realizado com a parceria de instituições como Grupo mulheres do Brasil – Núcleo Campinas, IBO, aTip, Instituto Black Office, Transempregos, Todxs, Potência Tech, Movimento Tech 2030, Athina e de grandes empresas que querem contribuir para a transformação do mercado de trabalho, em que todas as pessoas possam ter boas oportunidades.

“Quanto mais empresas se associam à Korú, como fizeram Ambev, Sinch e Alpargatas, mais bolsas e oportunidades podemos oferecer às pessoas. O futuro de uma sociedade sustentável está na integração das escolas com o mercado de trabalho” ressalta a especialista da Korú.

Conheça os cursos profissionalizantes oferecidos pela Korú

Desenvolvimento de Software Full Stack – esse curso prepara o aluno para construir soluções para os mais diversos segmentos digitais interagindo com as linguagens mais utilizadas no mercado, além de colocá-lo em contato com conteúdo de Dados, Segurança da Informação e Cloud.

Marketing Digital – hoje, a entrega de conteúdo de qualidade para o público com engajamento é a maior ferramenta de marketing de qualquer marca no mundo. Nesse curso, o aluno aprende a liderar essa forma de comunicação e impactar as pessoas.

Produtos Digitais – a nova economia domina a maioria dos mercados. Nesse curso, o aluno aprende a construir e gerenciar aplicações, produtos e serviços digitais, desde a fase de criação até o lançamento e a gestão de performance.

Engenharia de Dados – até 2030, todas as pessoas do planeta serão impactadas pelo uso de dados e da Inteligência Artificial. A partir desse curso, o aluno passa a fazer parte dessa transformação, aprendendo a lidar com um grande volume de informações e gerar valor para pessoas e organizações.

Serviço

Escola Korú | Inscrições para bolsas de estudo 2024

Inscrições pelo site https://edu.escolakoru.com.br/bolsa-100

Informações: www.escolakoru.com.br e www.instagram.com/escolakoru/

Continue lendo

Negócios

Essas quatro startups vão faturar mais de 100 milhões em 2024 e estão lançando tendências

Publicado

em

De

Conheça o Aplicativo de Delivery Giross, a plataforma de passagens Buser e mais

O ecossistema de startups brasileiras está em plena efervescência, revelando um cenário de crescimento e inovação sem precedentes. Em uma economia em ascensão que valoriza o empreendedorismo tecnológico, acompanhar o surgimento dessas startups é essencial para compreender as tendências e o futuro dos negócios no Brasil. Essas iniciativas emergentes estão liderando uma revolução em diversos setores, desde a saúde até a educação, passando pelos serviços financeiros e pela inteligência artificial.

Para o ano de 2024, a projeção é que muitas dessas empresas estejam não apenas na vanguarda da inovação, mas também alcancem um desempenho econômico excepcional. A atual conjuntura demonstra que o esforço, a criatividade e os investimentos dedicados estão se convertendo em resultados tangíveis. As startups prometem ser uma das principais forças propulsoras da economia, e analisá-las oferece insights valiosos sobre a evolução dos negócios no país. Confira:

1. Buser (@buser)

A Buser, plataforma de passagens de ônibus, espera crescer seu faturamento em 30% no próximo ano, além de expandir sua atuação com entrada no mercado de linhas regulares. A empresa, que teve receita estável e registrou de julho a dezembro deste ano seu primeiro fluxo de caixa positivo, de 10 milhões de reais.

Para 2024, a empresa pediu à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorização para operar “dezenas de linhas” regulares por meio da Vila Adyana Transportes de Passageiros, empresa de transporte rodoviário criada pela Buser. O mercado de transporte rodoviário de passageiros no Brasil movimenta anualmente cerca de 30 bilhões de reais por ano, de acordo com a Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia (Amobitec), que além da Buser reúne plataformas de aplicativos como Flixbus, 99 e Uber.

2. Giross (@girossapp)

A Giross é uma startup brasileira que atingiu R$ 100 milhões de valuation sem investimentos de terceiros. Fundada pelo baiano Filipe Martins, de 29 anos, a companhia atende empresas como Drogasil, Petz, Arezzo, Subway e mais, além de marcar presença em 320 cidades no Brasil, sendo, ainda, internacional, atuando também em Portugal.

São mais de 62 mil entregadores cadastrados. Com faturamento de R$ 17 milhões em 2023, a marca pretende chegar a R$ 45 milhões em 2024. O acúmulo de 170 mil corridas por mês se une ao diferencial de garantir seguros para as marcas parcerias e para os entregadores. O faturamento mensal passou de R$ 600 mil, em média, para cerca de R$ 1,7 milhão.

Tudo isso sem empréstimos de banco ou aportes de investidores-anjo ou de fundos de investimento. É o que o mercado chama de bootstrapping. Atualmente, a startup de Martins é uma das três companhias do ramo com maior abrangência no Brasil, competindo com Uber, Loggi e Lalamove.

3. Minha Quitandinha (@minhaquitandinhabr)

Atuando no modelo de franquias de minimercado autônomo, a Minha Quitandinha, startup de tecnologia em varejo, planeja abrir 225 unidades em 2024 e projeta um faturamento de R$ 38 milhões, com uma margem de crescimento de 127,5%. A franquia também tem planos de internacionalizar a marca, com foco no mercado norte-americano.

Em 2023, a Minha Quitandinha registrou um faturamento de R$ 18 milhões, com mais de 200 lojas implantadas em 21 estados brasileiros. Para este ano, os planos são dobrar esse resultado. A marca também investe no aprimoramento de ferramentas e tecnologias para fortalecer sua presença no setor de minimercados autônomos. Para isso, a franquia está preparando atualizações de seus softwares próprios, com a intenção de elevar o atendimento aos franqueados da marca e consumidores.

4. Strides (@stridestechcommunity)

Criada com o objetivo de capacitar profissionais de tecnologia para cargos de liderança, a Strides Tech Community completou o seu primeiro ano de atuação com conquistas importantes que já preparam o negócio para a sua próxima fase de expansão. A edtech já atingiu o break even e prevê superar os R$ 10 milhões em faturamento em 2024, mantendo a operação no bootstrap, ou seja, sem abrir captação para investidores neste momento.

A proposta da Strides não é ser uma empresa de cursos. A startup opera no modelo B2B e B2C oferecendo ferramentas educacionais que ajudem líderes e novos líderes da área de tecnologia a seniorizar suas carreiras. Para isso, a companhia criou um método de aprendizagem contínua e 100% prática a partir de mentorias, cases reais, imersões de conteúdo, benchmarkings e networking, no qual os profissionais podem interagir, trocar experiências com a comunidade e, assim, aprender com altos executivos de empresas referência no mercado como Amazon, Nubank, Spotify, Meta e Mercado Livre.

(Foto de capa: Divulgação/ Filipe Martins CEO GIROSS)

Continue lendo

Negócios

Fazer a Declaração Anual de Renda deve ser prioridade do microempreendedor individual, entenda o porquê

Publicado

em

De

  • O MEI Federal se destaca como uma plataforma de suporte e orientação essencial para os microempreendedores individuais (MEIs) que enfrentam desafios com a parte burocrática. Com recursos abrangentes e orientações práticas, o site oferece assistência personalizada para auxiliar os MEIs a compreender e cumprir suas obrigações fiscais de forma eficiente e correta, em especial a Declaração Anual de Renda

O regime tributário simplificado do MEI, instituído há mais de uma década, revolucionou o cenário empreendedor brasileiro, proporcionando a formalização de milhões de pequenos negócios em todo o país. Com uma carga tributária reduzida e uma série de benefícios previdenciários, o MEI se tornou uma opção atraente para empreendedores que buscam iniciar suas atividades de forma legal e simplificada.

Com a chegada do período de prestação de contas ao fisco, os microempreendedores individuais (MEIs) se deparam com a necessidade de cumprir duas obrigações fiscais distintas: a Declaração Anual de Renda e, caso se enquadre, a Declaração de Imposto de Renda. Embora possa parecer redundante, ambas as declarações são exigidas pela Receita Federal e possuem finalidades específicas.

A Declaração Anual do MEI, também conhecida como DASN-SIMEI, é uma obrigação fiscal anual exclusiva para os MEIs. Seu objetivo é informar à Receita Federal o faturamento bruto da empresa no ano anterior, bem como se houve contratação de funcionários no período. Esta declaração, que é fundamental para manter a regularidade do negócio e evitar problemas com o fisco, deve ser feita até dia 31 de maio do ano subsequente ao dos fatos geradores dos tributos previstos por lei. 

Para facilitar o processo de Declaração Anual de Renda, os microempreendedores individuais podem contar com o suporte da plataforma MEI Federal. Primeiramente, acesse o site e selecione “Declaração Anual”.

Uma vez feito isso, poderá preencher o formulário de forma online.. É importante ter em mãos todas as informações relevantes, como o faturamento bruto do ano anterior e eventuais contratações de funcionários. Depois do preenchimento correto dos dados, o MEI poderá enviar sua Declaração Anual diretamente pela plataforma, garantindo assim sua conformidade com as exigências fiscais e evitando problemas com o fisco.

A Declaração Anual para MEI, como mencionado anteriormente, tem como objetivo informar à Receita Federal o faturamento bruto da empresa no ano anterior, além de eventuais contratações de funcionários. Este processo é exclusivo e obrigatório para microempreendedores individuais e tem como finalidade principal manter a regularidade do negócio.

Já o Imposto de Renda é uma obrigação fiscal que todos os cidadãos brasileiros devem cumprir anualmente. Esta declaração envolve informar à Receita Federal todos os rendimentos obtidos no ano anterior, bem como eventuais deduções e despesas dedutíveis. O objetivo do Imposto de Renda é calcular o valor devido ao governo, considerando a renda e as despesas do contribuinte ao longo do ano.

Diante disso, após já terem cumprido com a Declaração Anual de Renda, os MEIs só precisam realizar a Declaração de Imposto de Renda, caso se enquadrem nas condições estabelecidas pela Receita Federal, como se o proprietário do MEI passar o limite permitido por lei. Esta declaração envolve informar à Receita, como pessoa física, todos os rendimentos obtidos no ano anterior, bem como eventuais deduções e despesas dedutíveis. 

Portanto, mesmo já tendo feito a Declaração Anual de Renda, os microempreendedores individuais devem ficar atentos à obrigatoriedade de realizar também a Declaração de Imposto de Renda como pessoa física, garantindo assim sua conformidade com as exigências fiscais e evitando problemas com a justiça fiscal. 

Declaração Anual do MEI: https://imeifederal.com.br/formulario/declaracao-anual

MEI Federal: https://imeifederal.com.br

Continue lendo

Negócios

Plataforma disponibiliza certificado de antecedentes criminais da Polícia Civil e da Polícia Federal

Publicado

em

De

  • No complexo cenário jurídico brasileiro, a obtenção de certidões emitidas pela Polícia Civil e Federal frequentemente se torna um labirinto burocrático para cidadãos e empresas. Porém, o Sistema Federal, renomado por sua plataforma inovadora que simplifica processos cartorários, possui também uma ferramenta que promete descomplicar esse caminho: o certificado de antecedentes criminais da Polícia Civil e da Polícia Federal

Na busca pela facilitação do acesso à justiça, o Sistema Federal disponibiliza aos seus usuários uma funcionalidade que permite a obtenção ágil e eficiente de informações cruciais sobre antecedentes criminais. Através de sua plataforma online, indivíduos e empresas agora podem realizar consultas e solicitar certidões emitidas pela Polícia Civil e Federal, tudo de forma remota e descomplicada.

Segundo informações do próprio Sistema Federal, desde o lançamento da certidão de antecedentes criminais da Polícia Civil, que envolve crimes estaduais, e da certidão de antecedentes criminais da Polícia Federal, que aborda os crimes em âmbito nacional, tem-se registrado um aumento expressivo na demanda por esse serviço. Diariamente, milhares de consultas são realizadas em todo o país, demonstrando a importância e a relevância dessa nova funcionalidade para os usuários.

Esse aumento pode estar diretamente ligado a novas exigências feitas a trabalhadores de aplicativos como Uber, IFood e Táxis que são obrigados a enviar um certificado de antecedentes criminais ao se cadastrarem nos apps. Além disso, o Ministério Público em janeiro deste ano (2024) recomendou que escolas e outras atividades que envolvam o contato com crianças e adolescentes mantenham sempre a certidão de antecedentes dos colaboradores armazenadas. 

Assim, com toda a crescente demanda, além da praticidade e da economia de tempo ao solicitar o certificado de antecedentes criminais oferecido pelo Sistema Federal, a plataforma traz uma série de vantagens para os seus usuários. Entre elas, destacam-se a transparência no acesso às informações, a segurança na proteção dos dados pessoais, a possibilidade de realizar consultas e solicitar certidões de forma remota, sem a necessidade de deslocamentos físicos e a entrega rápida do serviço. 

Em um contexto marcado pela busca incessante por segurança e confiabilidade, essa funcionalidade se apresenta como uma resposta eficaz às demandas da sociedade brasileira, com otimização do tempo, uma plataforma intuitiva e de fácil acesso. Além disso, o Sistema Federal reafirma seu compromisso em oferecer soluções inovadoras que simplificam a vida dos cidadãos e empresas, fortalecendo os pilares da democracia e do Estado de Direito.

Portanto, se você precisa solicitar certidões emitidas pela Polícia Civil e Federal, não deixe de conhecer o serviço oferecido pela plataforma do Sistema Federal.

Sistema Federal: https://sistemafederal.com.br

Certidão de antecedentes criminais da Polícia Civil: https://sistemafederal.com.br/certidoes/antecedentes-criminais/certidao-negativa-antecedentes-criminais-policia-civil 

Certidão de antecedentes criminais da Polícia Federal: https://sistemafederal.com.br/certidoes/antecedentes-criminais/certidao-negativa-antecedentes-criminais-policia-federal 

Continue lendo

Destaque