Conecte-se Conosco

Economia

Decisão judicial em Jataí permite Recuperação Judicial a produtor rural com dívidas de R$9 milhões

Publicado

em

Especialista Jessica Farias destaca importância da decisão  para o setor agrícola

Com uma decisão recente favorável a um produtor rural de Jataí, Goiás, a Recuperação Judicial surge como um recurso viável para produtores rurais em dificuldades financeiras. Jessica Farias, advogada especialista em Recuperação Judicial e administradora judicial, oferece insights valiosos, complementando as opiniões dos advogados Leandro Amaral e Heráclito Noé, do escritório Amaral e Melo Advogados.

Um produtor de Rio Verde, com propriedades em Jataí e dívidas totalizando R$9 milhões, obteve aprovação para sua Recuperação Judicial pela 1ª Vara Cível da Comarca de Jataí. Jessica Farias destaca a importância desta opção legal ao dizer que a  Recuperação Judicial é uma ferramenta para produtores rurais enfrentando crises de liquidez pois, de acordo com ela, permite uma reestruturação financeira, mantendo a continuidade das operações agrícolas, que são essenciais para a economia.

A Lei de Recuperação de Empresas e Falência (LREF) aplicável a empresas é também relevante para produtores rurais. Conforme explica Farias, a Recuperação Judicial protege o patrimônio do produtor, evitando a necessidade de liquidar bens essenciais como imóveis rurais e maquinários. “É um recurso vital para manter a produção e reestruturar dívidas sob condições mais favoráveis”, ela enfatiza.

Após a decisão de processamento da Recuperação Judicial, é estabelecido um “stay period” de 180 dias, durante o qual todos os processos judiciais contra o produtor são suspensos. Segundo a especialista, o  período é crucial para a elaboração de um plano de reestruturação financeira, que será apresentado aos credores. “É uma janela de oportunidade para reorganizar as finanças sem a pressão de execuções judiciais iminentes”” finalizou. 

 De acordo com Jessica Farias, os fatores de endividamento no agronegócio são complexos e variados. “Problemas climáticos, altos custos de investimentos a médio e longo prazo, e mudanças no mercado podem rapidamente desestabilizar as finanças de um produtor rural”, diz ela.

As recentes mudanças legislativas, reconhecendo a natureza declaratória do registro mercantil, simplificaram o acesso à Recuperação Judicial para produtores rurais. Farias considera essas mudanças um passo positivo, mas ressalta que ainda há desafios na aplicação prática da lei.

Continue lendo

Economia

Operação Investidor: Evento Virtual Gratuito do influenciador Carlos Magno ajuda diversas pessoas a conquistar sua liberdade financeira

Publicado

em

De

O evento acontecerá no dia 6, 7 e 8 de maio e já possui mais de 30.000 inscritos!

No cenário econômico brasileiro, Carlos Magno se destacou como um dos nomes mais influentes e respeitados. Com uma trajetória de sucesso como investidor e influenciador, ele tem motivado milhares de pessoas a alcançar a independência financeira por meio de dicas valiosas e insights de investimentos.

Natural de São José dos Campos, interior de São Paulo, Carlos construiu seu patrimônio do zero por meio de estudo e determinação. Sua trajetória o levou a ser reconhecido em vários portais de notícias como um dos 05 brasileiros famosos que construíram suas fortunas antes dos 30 anos.

Desde 2020, decidiu compartilhar seus principais aprendizados de forma gratuita em um evento exclusivo chamado “Operação Investidor”, que promete oferecer aulas gratuitas repletas de lições importantes sobre como investir do zero na bolsa de valores do Brasil e dos Estados Unidos e a lucrar com as melhores estratégias.

Compartilhando suas experiências e lições valiosas, o investidor promete transformar a vida financeira dos participantes.

Além de dicas de investimentos, Carlos Magno pontua cinco lições importantes que podem ser aplicadas para se tornar um investidor ou para se desenvolver em vários aspectos:

1. Educação Financeira Contínua: O sucesso financeiro começa com uma sólida compreensão dos princípios de finanças pessoais, incluindo orçamento, investimento, poupança e gestão de dívidas. Encoraje seus alunos a se engajarem em aprendizado contínuo, seja através de livros, cursos, podcasts ou artigos. A complexidade do mercado financeiro exige um entendimento sempre atualizado e adaptável.

2. Gestão Eficiente de Orçamento: A habilidade de gerenciar o orçamento eficazmente é fundamental. Isso inclui monitorar receitas e despesas, estabelecer metas financeiras realistas e ajustar hábitos de consumo. Ensine a importância de se ter um orçamento flexível que possa ser adaptado conforme as mudanças na vida financeira dos indivíduos.

3. Investimento Inteligente: O conhecimento sobre diferentes tipos de investimentos e a diversificação de portfólio são essenciais para o sucesso financeiro a longo prazo. Mostre como investir de forma consistente e com base em objetivos claros pode ser mais benéfico do que tentar “ganhar rápido” no mercado.

4. Construção de Reserva de Emergência: Uma reserva de emergência é crucial para a segurança financeira. Ela pode proteger contra imprevistos sem a necessidade de recorrer a dívidas. A regra geral é ter de três a seis meses de despesas cobertas, mas isso pode variar conforme o perfil e a situação de cada um.

5. Mentalidade de Crescimento e Paciência: Sucesso financeiro não acontece da noite para o dia. É importante cultivar uma mentalidade de crescimento, focada em objetivos a longo prazo, e ter paciência. Investimentos, especialmente em renda variável, requerem tempo para maturar. Ensine a importância de resistir à tentação de reagir a cada fluctuação do mercado e manter o foco na estratégia definida.

Continue lendo

Economia

Livro lançado em Maio surge com temática de redução de impostos com dicas e estratégias na tributação e contabilidade

Publicado

em

De

A capital baiana se tornará palco de uma discussão crucial sobre Contabilidade & Tributação com o lançamento do livro “Tributação e Contabilidade: Estratégia Para Redução de Impostos.” Escrito pela autora Daiana Paixão e um time de coautores especializados no assunto.

O livro apresenta um conhecimento técnico, prático de quem vive e vivencia diariamente a ciência da contabilidade. Oportunizando novas personas da ciência, como os recém- formados na área tributária e contábeis. Trazendo contextualização para fortalecimento dos saberes dos acadêmicos.

Editado pela renomada editora Alta Performance, escrito em capítulos pelos coautores: Ana Paula Hurts, Célia Sacramento, Elisangela Fernandes, Isabela Ventura, Inamarcia Gonzalez, Jenniker de Almeida, Mariana Aras Gomes, Marcelo Pinho, Michelle Alexandrino, Paulo Henrique Santos, Sandoval Costa Neto, Rozilene de Jesus e Tainá Pereira. Todos com sua expertise no assunto.

O lançando acontece dia 20 de maio deste ano, às 18h30, no auditório do Conselho Regional de Contabilidade da Bahia, em Salvador.

“Será uma noite enriquecedora, repleta de insights fiscais e orientações práticas. A leitura será o cenário perfeito para a troca de conhecimentos sobre as últimas estratégias tributárias. Um convite imperdível para todos que buscam otimizar a gestão financeira e tributária de seus negócios.” – Afirma a autora Daiana Paixão.

Continue lendo

Economia

Banco Central oferece solução para recuperar valores de contas inativas

Publicado

em

De

Segundo João Adolfo de Souza, CEO e fundador da João Financeira, a ferramenta permite que essa pesquisa seja mais acessível e personalizada para cada solicitante

No universo financeiro, é comum que as pessoas acumulem diversas contas bancárias ao longo da vida. Seja por mudanças de emprego, alterações geográficas ou até mesmo por esquecimento, contas inativas muitas vezes escondem valores substanciais. Para facilitar o acesso a esses recursos, o Banco Central do Brasil disponibilizou uma nova ferramenta: o Sistema de Valores a Receber – SVR.

O SVR é um serviço oferecido pelo Banco Central que permite consultar se um indivíduo ou empresa possui dinheiro esquecido em bancos, consórcios ou outras instituições financeiras. Caso identificado, o serviço orienta passo a passo sobre como solicitar o valor retido.

De acordo com João Adolfo de Souza, CEO e fundador da João Financeira e especialista em finanças, o principal propósito do SVR é permitir a consulta e solicitação de valores esquecidos em contas inativas, tanto para pessoas físicas quanto para empresas. “Além disso, o serviço também viabiliza a recuperação de recursos de pessoas falecidas, desde que o solicitante seja herdeiro, inventariante ou representante legal”, revela.

Dados necessários para a consulta:

  • Pessoa física – CPF e data de nascimento;
  • Pessoa jurídica – CNPJ e data de abertura da empresa.

O acesso ao SVR acontece por meio de uma conta gov܂br, que oferece um login único e senha para diversos serviços públicos digitais. “É importante ressaltar que, para valores de pessoa física, a conta precisa ser de nível prata ou ouro, devido ao sigilo bancário. Para valores de pessoa jurídica, é necessário ter a conta gov܂br com o CNPJ vinculado”, pontua.

Desvendando o Processo de Solicitação

Ao identificar valores a serem recebidos, o sistema pode oferecer algumas alternativas diferentes. Se a opção “Solicitar por aqui” aparecer, o solicitante é convidado a selecionar uma das chaves Pix disponíveis, fornecer seus dados pessoais e guardar o número de protocolo para possíveis interações futuras com a instituição. “Vale ressaltar que o valor pode ser creditado em até 12 dias úteis”, alerta.

Segundo o especialista, se a opção de solicitação não aparecer mesmo com a existência de valores a serem resgatados, o solicitante pode optar por entrar em contato diretamente com a instituição financeira por telefone ou e-mail. “Nesse caso, não existe a obrigação da devolução em um prazo de 12 dias por parte da instituição”, declara.

João acredita que o SVR oferece não apenas a possibilidade de recuperação financeira, mas também uma jornada descomplicada e adaptável às nuances de cada situação. “O objetivo é tornar a busca por valores em contas inativas não apenas eficiente, mas também acessível e personalizada para cada solicitante”, finaliza.

Sobre a João Financeira

João Adolfo de Souza é administrador de empresas e atua há quase 20 anos no ramo de finanças. Com mais de 6 milhões de seguidores nas redes sociais, João luta pelos direitos dos aposentados e pensionistas, os ajudando a se libertar das dívidas e a garantir melhorias nos seus benefícios, aprimorando a qualidade de vida dessas pessoas. Atualmente, é CEO e fundador da João Financeira. Para mais informações, acesse o canal no Youtube.

Continue lendo
Propaganda

Destaque