Conecte-se Conosco

Negócios

Entenda porque a recuperação judicial da SouthRock Capital pode ser um empecilho para a chegada das lojas Starbucks em Goiânia e Aparecida

Publicado

em

Pedido de recuperação pegou mercado de surpresa e acendeu dúvidas sobre as inaugurações previstas para Goiás, uma vez que a  SouthRock Capital teve contrato com a Starbucks rescindido

A recente decisão da SouthRock Capital de ingressar em recuperação judicial lança uma sombra de incerteza sobre a expansão da Starbucks em Goiás, mais especificamente no Shopping Flamboyant, em Goiânia, e no Buriti Shopping, em Aparecida. Esta medida, desencadeada por uma dívida substancial de R$1,8 bilhão e uma série de dificuldades econômicas, cria uma complexa rede de implicações para o mercado local.

A rescisão do contrato de licenciamento pela Starbucks Corp. não é apenas um revés financeiro para a SouthRock Capital; é também um potencial retrocesso para o varejo em Goiás e no Brasil. As 187 lojas da Starbucks no país  representavam um segmento vital para a empresa, não apenas em termos de receitas, mas também como empregadora e como marca no cotidiano dos consumidores.

A SouthRock, ao justificar seu pedido de recuperação, citou uma confiança diminuída e a volatilidade econômica, incluindo taxas de juros flutuantes e variações cambiais, agravadas pelos efeitos duradouros da pandemia, que impactaram drasticamente o negócio. A queda vertiginosa de 95% nas vendas em 2020, seguida por reduções menos severas nos anos subsequentes, revela a magnitude do abalo financeiro.

O pedido de recuperação, que visa preservar as operações da empresa, os empregos e a produção econômica, choca-se com os planos de inauguração das lojas em Aparecida de Goiânia e Goiânia. O atraso no processo, precipitado pela exigência do judiciário paulista de uma inspeção minuciosa das finanças da SouthRock, obstrui a abertura prevista para o Flamboyant Shopping —  que deveria ser a primeira no estado.

Questionada sobre o assunto, a assessoria de imprensa da unidade, expressou surpresa e pesar, garantindo a preservação do espaço alocado à Starbucks.  “O anúncio da situação da SouthRock Capital surpreendeu o mercado e o shopping lamenta o cenário. A área reservada à marca continuará mantida até a empresa se posicionar”, disse a nota da empresa.  

A percepção jurídica da questão 

Jéssica Farias, advogada e administradora judicial, detalha que o processo que se inicia pode ser longo e árduo

Jessica Farias, advogada e administradora judicial, fornece uma perspectiva mais detalhada sobre a recuperação judicial da SouthRock Capital, que opera marcas como Starbucks, Subway e Eataly no Brasil. Ela destaca que a recuperação judicial é um mecanismo de dupla face, que oferece um abrigo em meio à tempestade financeira e simultaneamente um desafio de gestão.  “É um abrigo em meio à tempestade financeira e simultaneamente um desafio de gestão”, detalha.  Segundo ela, para a SouthRock, este caminho representa uma luta pela sobrevivência, uma chance para tomar fôlego, revisitar suas estratégias e se reposicionar diante dos credores.

Farias também comenta sobre a perda da licença com a Starbucks, que é uma perda que abala o core business da empresa. “A suspensão do contrato com a Starbucks é um divisor de águas. Não é simplesmente um revés operacional; é uma perda que abala o core business da empresa”, disse Farias ao destacar que a Starbucks não é apenas uma fonte de receita, mas  um pilar de valor de marca, cuja retirada impacta profundamente a estrutura financeira e a confiança dos stakeholders na SouthRock.

 Jessica Farias enfatiza a necessidade de um gerenciamento estratégico nessa fase crítica. A competência da SouthRock para orquestrar uma adaptação e negociação estratégica eficazes será crucial. “Estamos observando um momento definidor que testará a resiliência e a habilidade da empresa em navegar pelas águas turbulentas do processo de recuperação judicial”, finalizou..

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Negócios

Cerimônia de posse da nova diretoria do Sitsesp aponta futuro promissor para a socioeducação em São Paulo

Publicado

em

De

Chapa 2 vence a eleição com 58,13% dos votos e Neemias Souza assume a presidência do sindicato

A solenidade de posse da nova diretoria do Sindicato da Socioeducação de São Paulo (SITSESP) aconteceu em 12 de abril, às 10 horas, na Rua Tamandaré, nº 348, na região da Liberdade, em São Paulo, a nova diretoria do Sindicato da Socioeducação de SP, composta por 29 membros, incluindo Neemias Souza, que assume a presidência, liderando uma equipe comprometida com a defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores do setor, celebraram o início de um novo ciclo.

A Chapa 2 triunfou nas eleições para a nova diretoria do sindicato, conquistando uma expressiva margem de 58,13% dos votos. Essa vitória representa um marco histórico para o sindicato, uma vez que foi alcançada após árduo empenho e perseverança diante da gestão anterior.

A lista completa dos membros da nova diretoria pode ser encontrada no site oficial da chapa, disponível em https://www.souchapa2.com.br/. O presidente da nova gestão, Neemias Souza, é um trabalhador dedicado, líder sindical e defensor incansável dos direitos dos trabalhadores. Nascido na Bahia, casado e pai de três filhos, possui uma trajetória profissional de 23 anos na Fundação Casa, na qual se tornou uma figura proeminente na área da socioeducação. Ao longo desse período, enfrentou desafios, alcançou conquistas e adquiriu valiosas experiências que moldaram sua visão de mundo e sua atuação em prol do coletivo.

Uma experiência marcante em sua carreira foi testemunhar a demissão de mais de mil colegas de trabalho. Neemias não hesitou em mobilizar seus companheiros para lutar por seus direitos, revertendo a situação por meio de protestos, articulação política e esforço coletivo. Em 2019, ele foi eleito pelos membros do sindicato para a presidência, apesar dos questionamentos sobre sua legitimidade e uma decisão judicial controversa que interrompeu seu mandato. No entanto, Neemias manteve sua confiança na justiça e reafirmou seu compromisso com a defesa dos direitos dos trabalhadores. Diante dos atuais desafios, como a ameaça de privatização da Fundação Casa por meio de Parcerias Público-Privadas (PPP), Neemias se colocou novamente à disposição da categoria para liderar e representar os interesses dos trabalhadores com determinação.

A solenidade de posse da nova diretoria do SITSESP constituiu uma ocasião ímpar para comemorar o horizonte auspicioso que aguarda o sindicato, sob a liderança de uma nova gestão plenamente comprometida com a salvaguarda dos direitos trabalhistas no âmbito da socioeducação em São Paulo. Este é um momento singular de celebração para a categoria, reafirmando, de maneira enfática, o comprometimento inabalável com a defesa dos direitos dos trabalhadores do setor.

Continue lendo

Negócios

Transformação e Colaboração: Casa Rio abre as portas de sua nova sede para empreendedores e marcas

Publicado

em

De

A Casa Rio (@casariobr), está marcando um novo capítulo em sua trajetória de sucesso. A startup carioca especialista em branding e comunicação, com foco na cultura da moda no Brasil, reconhecida por seu compromisso em impulsionar empreendedores e marcas, desde iniciantes até marcas estabelecidas, a empresa tem se destacado como uma referência no mercado, com serviços que abrangem desde mentoria até assessoria em branding e rebranding, bem como o desenvolvimento de editoriais, identidade visual, estratégia e marketing de conteúdo.

Com a inauguração de sua nova sede, no coração do Cidade Maravilhosa, no Rio de Janeiro, a Casa Rio convida não apenas seus clientes, mas todos aqueles que desejam investir em sua identidade e crescimento a conhecerem o novo espaço e a fazerem parte deste movimento de transformação e inovação. Mais do que apenas um local físico, a nova sede representa um ambiente dedicado ao ‘jeito Casa Rio de fazer’ – um lugar onde ideias são transformadas em ações concretas, o apoio mútuo, a inovação e a colaboração são incentivados e o potencial de cada empreendedor e marca é nutrido e desenvolvido.

“Acredito em cada avanço que construimos e alcançamos como marca e como empresa no mercado, ao decorrer desses mais de sete anos de trabalho. Sempre fomos estratégicos em nosso planejamento e precursores no nosso modelo de negócio, o que é extremamente desafiador e com um grande grau de complexidade. Agora com a nova sede, com um time comprometido e focado em resultados só eleva ainda mais a qualidade das nossas entregas em 2024. Este é só o começo de um planejamento que foi pensado para este ano e para os próximos que virão!” afirma Wallace Safra (@wallacesafrarj), CEO da Casa Rio e CFO do Grupo Casa.

“Entramos com o pé direito em 2024 e com o pé direito em uma sede nova, com a nossa cara! É uma conquista nossa enquanto empresa, da nossa equipe e de um time de clientes e parceiros que acreditam diariamente no nosso trabalho” completa Ana Ximenes (@aanaximenes), Manager da Casa Rio.

Comprovando sua expertise, a Casa Rio foi premiada pela Iniciativa Jovem da Shell em 2021 por seu projeto inovador de Mentoria, consolidando sua posição como referência nos negócios de moda para os próximos dez anos. Agora, a startup está embarcando em um novo ciclo de expansão e colaboração, sempre visando democratizar o acesso ao suporte empreendedor e fomentar uma cultura de aprendizado contínuo e trabalho em equipe.

Guiada pelo lema “Não somos a MODA, somos o MODO”, a Casa Rio reitera seu compromisso com uma abordagem autêntica, uma metodologia própria para desenvolver branding, comunicação e negócios, enfatizando a importância de definir um caminho estratégico, em vez de seguir tendências. Convidamos você a conhecer mais sobre esta startup em constante evolução em suas redes sociais @casariobr.

Endereço: Av. Almirante Barroso, 81 – Centro, Rio de Janeiro – WeWork Carioca

Assessoria de comunicação: WSM/ @wsmcomunicacao

Continue lendo

Negócios

Rafael Albuquerque: Uma história de Sucesso no Mercado Imobiliário de Luxo

Publicado

em

De

Rafael Albuquerque, especialista em imóveis de luxo, compartilha um pouco de sua trajetória no mercado imobiliário, uma jornada marcada por desafios, determinação e conquistas.

A entrada de Rafael no universo imobiliário remonta a 2008, guiada por uma paixão enraizada nas vendas. Inicialmente, o caminho profissional percorreu terrenos inusitados, sendo vendedor de chinelo na Grandene e posteriormente transitando pelo Atacadista Martins. No entanto, a vocação para as vendas permaneceu constante, e com quase 17 anos de experiência, Rafael vivenciou diversas facetas desse dinâmico mercado.

https://www.instagram.com/alphaville.sp

O início foi no escritório da sogra de Rafael, Regina Conrado, uma corretora de referência. Com garra e determinação, Rafael percebeu a necessidade de trilhar novos caminhos para ampliar sua experiência. Em meio a desafios, a primeira filha de Rafael, Rafaela Albuquerque, nasceu, marcando um período crucial em sua carreira.

A entrada na Coelho Fonseca, onde os melhores corretores atuavam, representou uma virada. A juventude, cerca de 22 anos, impôs restrições, levando Rafael a vender imóveis na planta. O esforço foi notável, mas a mudança para a CIA Lançamentos marcou outro capítulo, enfrentando desafios típicos de plantões de vendas.

Ao destacar-se na CIA, a oportunidade de vender a marca Alphaville surgiu, culminando no sucesso do lançamento do Alphaville Ribeirão Preto. Contudo, uma proposta para integrar a equipe industrial da Abyara mudou o rumo, abrindo portas para compreender demandas específicas, como galpões logísticos, ativos com renda e edifícios corporativos.

Ao alcançar uma fase mais tranquila, nasce a segunda filha de Rafael, Eduarda Albuquerque, instigando a vontade de empreender. Assim, surge a Alpha Business Negócios Imobiliários, focada em imóveis de alto padrão em Alphaville e São Paulo, além de uma expertise em ativos com renda, com conversas constantes com investidores.

Nesta jornada, Rafael agradece especialmente à esposa Marina Brito, o pai Marcos Galdino e à mãe Shirley Albuquerque, ao irmão Abiner Albuquerque, à sogra Regina Conrado, e claro, às filhas Rafaela e Eduarda. Rafael reconhece a importância do time Alpha Business, pois no competitivo e em constante transformação mercado imobiliário, o sucesso é fruto de esforço, aprendizado e parcerias sólidas.

Home

Continue lendo

Destaque