Conecte-se Conosco

Cultura

Inscrições para redes públicas de ensino interessadas em promover educação cidadã em 2024 vão até 30 de novembro

Publicado

em

ONG apoia escolas a atuar de acordo com Lei 10.639, que estabelece obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira

A ONG Viven – Cidadãos para um Amanhã Melhor – recebe até o dia 30 de novembro as inscrições das escolas das redes públicas que queiram contar com seu programa de formação em Educação Cidadã. Podem ser apoiadas pela Viven, escolas das redes de ensino municipais, estaduais ou federais. A ONG conta com financiamento privado e as selecionadas não terão que arcar com qualquer custo.

O propósito da Viven é trazer a Educação Cidadã e contribuir com a formação integral dos estudantes, sempre preservando o contexto e as particularidades de cada escola. Por meio da parceria, a Viven responde pela formação dos professores e oferece suporte para que eles multipliquem as mesmas vivências com seus estudantes.

“Trabalhar com o suporte da Viven é sensacional. Seu grande diferencial são as metodologias ativas que colocam a teoria em prática e tornam o ambiente de estudos leve e construtivo”, conta Kátia Flávia Porfirio de Farias Silva, gerente da área pedagógica da Secretaria de Educação do Município de Junqueiro, em Alagoas. “Nossas formações não são mais as mesmas desde que conhecemos a Viven: crescemos e amadurecemos profissionalmente e aprendemos com a Viven que – para dar o nosso melhor – precisamos vivê-lo em nós mesmos”, complementa.

Para Pollyanna de Lima Freire, gestora de Escolas Técnicas da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, a Viven contribui de maneira significativa para o desenvolvimento das competências socioemocionais dos estudantes do Ensino Médio. “O projeto se destaca pelas formações promovidas aos professores e pelo acompanhamento individualizado dos docentes, engajando-os e preparando-os para trabalhar a temática em sala de aula”, explica. “A Viven fomenta uma formação ampla e desenvolve competências socioemocionais, em linha com a política pública de Educação Integral de Pernambuco, que busca formar os estudantes considerando todas as dimensões do ser humano”, acrescenta.

O trabalho da Viven tem origem na High Resolves, organização pioneira que, desde 2005, leva a Educação Cidadã a escolas de diversos países. O trabalho utiliza conceitos da Neurociência, Teoria dos Jogos e Economia Comportamental, com resultados comprovados na prática. No Brasil desde 2019, a ONG já implementou sua metodologia em 318 escolas de 111 cidades, contando com mais de 170 mil participações de estudantes nas vivências desenvolvidas.

Poderão se inscrever no edital da Viven, redes públicas de todas as regiões do Brasil que ofereçam Ensino Fundamental II (6°, 7°, 8° e 9°), Ensino Médio (Regular ou Técnico), EJA (Ensino Fundamental II e Médio), tanto de escolas de tempo parcial, como integral.

A Viven E Sua Contribuição Para A Lei 10.639

“Dentro da nossa atuação, um dos temas que trabalhamos é a equidade racial. Por meio de uma trilha formativa, contribuímos com as redes comprometidas em atuar de acordo na Lei 10.639, que estabelece a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira nas escolas do Brasil”, conta Lina Wurzmann, fundadora e presidente da organização.

As inscrições das escolas interessadas podem ser feitas por meio do site https://www.viven.org.br. As selecionadas para a parceria com a Viven em 2024 serão informadas até 15 de dezembro de 2023. Para saber mais sobre o trabalho da Viven nas escolas do Brasil, além do site, acesse suas redes sociais @viven.org.br (Instagram/LinkedIn/Facebook) ou escreva para contato@viven.org.br.

Cultura

Pedagoga mineira Vanessa Lozito supera desafios de saúde e inspira outros a encontrarem o caminho para o bem-estar

Publicado

em

De

Vanessa Lozito, pedagoga de coração e mineira de origem, tem sua vida marcada por uma história repleta de superações e dedicação ao próximo, Casada, Mãe de 2 Filhos. Aos 42 anos, ela compartilha sua história de luta contra a Síndrome do Intestino Irritável (SII) e sua determinação em ajudar aqueles que enfrentam desafios semelhantes.

Desde sua juventude, Vanessa sempre teve a vocação de ensinar e ajudar os outros. Sua formação em Pedagogia a levou a compreender a importância do compartilhamento do conhecimento e o impacto positivo que pode ter na vida das pessoas.

https://www.instagram.com/vanessalozito

Apesar dos desafios emocionais e de saúde que enfrentou ao longo de sua jornada, incluindo a perda de sua mãe para o câncer e um bebê em gestação, Vanessa encontrou na educação e na saúde seu propósito de vida. Ao lidar com a SII, uma condição desafiadora e sem cura, ela descobriu que a verdadeira vitória está em compreender seus gatilhos e fazer as mudanças necessárias para uma vida mais equilibrada.

Com apoio médico e determinação, Vanessa conseguiu controlar os sintomas da SII e descobriu novas formas de alimentação que contribuem para seu bem-estar. Sua missão agora é compartilhar os sete passos que a ajudaram a transformar sua vida, oferecendo apoio e inspiração àqueles que buscam uma vida mais plena, mesmo diante de desafios de saúde.

Para Vanessa, a chave para uma vida saudável está no poder da decisão e no compromisso consigo mesmo. Sua experiência como educadora e sua jornada pessoal a levaram a dedicar-se a ajudar outros a encontrarem seu caminho para o bem-estar e uma vida mais saudável.

Ao compartilhar sua experiência com a SII, Vanessa espera conscientizar mais pessoas sobre essa condição e mostrar que é possível lidar com ela de forma prática e alcançável, com o apoio médico adequado e o diagnóstico correto.

https://www.facebook.com/VanessaLozito.SindromedoIntestinoIrritavel

Sua mensagem é clara: a saúde é uma questão séria e o cuidado com ela depende do compromisso individual. Vanessa Lozito inspira com sua história de superação e sua dedicação em ajudar outros a encontrarem o caminho para uma vida mais saudável e feliz.

Continue lendo

Cultura

ONG voltada à educação cidadã, Viven lança versão impressa do seu guia para educação antirracista

Publicado

em

De

Como promover a educação antirracista na prática? Para auxiliar professores de Ensino Fundamental e Médio de todo o Brasil com essa resposta, a Viven, organização dedicada à promoção da educação cidadã, lança dia 18 de abril a versão impressa do seu Guia Sankofa Ananse – nome que faz referência a elementos gráficos desenvolvidos na África Ocidental. Sankofa ensina que é importante a compreensão de nossas raízes e Ananse é considerado o deus da sabedoria, da astúcia e das histórias.

O Guia de Letramento Racial Para Educadores reúne verbetes, referências e fontes para aprofundar os estudos sobre o tema do racismo no contexto brasileiro, além de elementos para incentivar diálogos em torno da temática racial. Com linguagem acessível, o material pode ser utilizado em diversas situações, seja em sala de aula, como fonte de pesquisa ou para consulta em biblioteca e solução de dúvidas.

Além do Guia, a Viven contribui com a discussão sobre a temática racial por meio de outras atividades. “Dentro da nossa atuação em escolas, um dos temas que trabalhamos é a equidade racial. Com nossa trilha formativa, contribuímos com as redes comprometidas a estruturarem sua atuação de acordo com a Lei 10.639, que estabelece a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira no Brasil”, conta Lina Wurzmann, fundadora e presidente da organização.

A versão impressa do Guia será distribuída aos parceiros da organização, mas todos poderão ter acesso ao material digitalmente por meio do site da Viven. Para isso, basta ir em ‘publicações e relatórios’ e baixar o Guia.

Para marcar o lançamento do Guia Imprenso, a Viven realizará live dia 18 de abril, às 19h, em seu canal no YouTube @vivenbr. Participarão Luana Tolentino – escritora com foco na questão racial e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFMG, dedicada à formação Inicial e Continuada de Professores -, Tayná Mesquita – socióloga, doutoranda em Ciências Sociais pela UNICAMP, defensora de direitos humanos, especialista em justiça racial, justiça de gênero, e movimentos sociais contemporâneos – e Matheus Henrique, Coordenador da Trilha de Equidade Racial da Viven e mestrando em Sociologia pela USP.

SOBRE A VIVEN

A Viven é uma organização sem fins lucrativos que tem como missão promover a educação cidadã por meio de vivências realizadas em escolas públicas e particulares de todo o Brasil.

A ONG já implementou sua metodologia em 372 escolas de 137 cidades do País e conta mais de 219 mil participações de estudantes nas vivências que desenvolve. Atualmente, 17 redes de ensino espalhadas pelas cinco regiões do Brasil são parceiras da Viven e adotam suas vivências e atividades formativas que proporcionam reflexões profundas, a partir de jogos, dinâmicas e metodologias ativas, baseadas no sentir para transformar.

Saiba mais em https://www.viven.org.br ou em @viven.org.br nas redes sociais.

Continue lendo

Cultura

Série em Podcast para Mulheres Cristãs no Spotify orienta na Jornada da Autoestima e do senso de Merecimento

Publicado

em

De

Um podcast no Spotify está ganhando destaque ao guiar mulheres cristãs em uma jornada de crescimento espiritual e posicionamento de fé baseado em uma “honra pura sem misturas” para viver seu chamado. Com foco em orações guiadas e reflexões bíblicas, a nova série oferece um ambiente acolhedor para fortalecer a fé e promover cura e libertação.

Com uma abordagem simples, prática e direta ao ponto, que já transformou a vida de milhares de mulheres que fazem parte da comunidade REALEZA e as suas famílias, as orações guiadas no Spotify lideradas por Nath Rezende estão conquistando corações e mentes em 30 países, ficando entre os 17 podcasts mais ouvidos no Brasil em 2023.

Idealizado e liderado por Nath Rezende, criadora do curso REALEZA para mulheres cristãs bem posicionadas e fundadora da ESCOLA REALEZA para líderes cristãs em todo o mundo que já atuam ou desejam atuar com Cura e Libertação, a série de podcasts visa oferecer ensinos enriquecedores para mulheres cristãs aprenderem a se posicionar com confiança e leveza frente aos desafios da vida moderna, dentro e fora de casa. Nath, uma carioca que se mudou para São Paulo para viver o chamado, traz sua experiência como conselheira de cura e libertação no Ministério SILC da Pastora Tânia Tereza e como ministrante no Brasil, e em outros países, como EUA, Escócia, Portugal e França.

A série de podcast tem como objetivo oferecer um espaço de acolhimento e orientação espiritual para mulheres cristãs, abordando temas como honra puramente bíblica, libertação e cura. As orações guiadas proporcionam momentos de reflexão e fortalecimento da fé, ajudando as ouvintes a enfrentarem os desafios da vida com confiança e perseverança – e de olhos bem abertos para falsos ensinos.

À medida que a busca por ensinos bíblicos de cura e libertação e bem-estar emocional continua a crescer, a série de podcast liderada por Nath Rezende surge como uma fonte confiável de orientação e apoio para mulheres cristãs em sua jornada de restauração da sua verdadeira identidade e propósito. A série é aberta para todas as mulheres que desejam descobrir o poder transformador da fé cristã em ação.

Para participar da série de podcast, entre agora no grupo gratuitamente: https://realeza.orbitpages.online/entrenogrupo

Continue lendo
Propaganda

Destaque