Conecte-se Conosco

Cultura

Lilian Ferro explica os principais mitos e verdades sobre a cidadania

Publicado

em

Entre as informações apontadas, assuntos que vão desde a xenofobia até a possibilidade de imóveis por 1 euro

Adquirir uma dupla cidadania envolve muito mais do que ser apenas um descendente. Quando falamos do reconhecimento da cidadania italiana então, muitos detalhes devem ser observados. E para trazer informações mais precisas do que são mitos e verdades nesse processo, a CEO da Simonato Cidadania, Lilian Ferro, detalhou alguns tópicos que podem ajudar os mais de 30 milhões de brasileiros que possuem esse direito.

Para começar, Lilian enfatiza alguns dos principais mitos que envolvem os pedidos de reconhecimento da cidadania italiana, são eles:

  1. Limite de gerações: A cidadania italiana não tem limite de gerações para a transmissão, porém, em outras cidadanias, realmente existe essa condição, como por exemplo, Portugal;
  2. Linha materna: Se a ascendência vem de uma mulher, o descendente não perde o direito à cidadania italiana, ele continua com a possibilidade de adquiri-la, entrando com uma ação contra a constituição assegurada pela Lei de 1948;
  3. Cidadania brasileira: Não é necessário abrir mão da cidadania brasileira para ter o reconhecimento da italiana;
  4. Sobrenome italiano: Não ter o sobrenome do ascendente italiano não quer dizer que a pessoa perde o direito à cidadania italiana;
  5. Turismo: Qualquer pessoa que estiver com um processo de reconhecimento de cidadania italiana aberto, pode continuar fazendo viagens à turismo para a Itália ou qualquer outro país, sem restrições. Vale ressaltar que no caso da abertura de um processo por via administrativa, quando é necessário a presença do requerente pessoalmente na Itália, a atenção deve ser redobrada em relação aos prazos e obrigações;
  6. Xenofobia: Muitos alegam que os brasileiros não são bem-vindos na Itália, mas isso é um verdadeiro mito, já que os italianos estão acostumados com os imigrantes e turistas no país. Casos de xenofobia são pontuais e ocorrem, infelizmente, em qualquer local do mundo, porém, não representam a maioria.

Em relação aos fatos verídicos, a empresária alerta que tais informações são de extrema importância para quem tem o sonho de se tornar um cidadão italiano:

  1. Análise de documentação: Não tem como fugir de uma análise minuciosa de toda a documentação necessária para se entrar com um pedido de reconhecimento de cidadania italiana. Se isso não for feito, a chance de ser do requerimento ser recusado é alta;
  2. Liberdade na Europa: Ao conquistar a cidadania italiana, o requerente pode viver, trabalhar e estudar livremente em qualquer país europeu;
  3. Comprar uma casa: Muitos ouvem falar sobre a compra de casas em cidades na Itália por apenas 1 euro, e isso é verdade. Mas os detalhes são além disso, já que a pessoa precisa assinar um contrato com o governo garantindo uma reforma no local e residência permanente, o que acaba saindo mais que 1 euro;
  4. Retificações: Se os nomes e sobrenomes dos cidadãos italianos e seus descendentes estiverem errados, é necessário a correção de todas as certidões;
  5. Assessoria no processo: Muitos tentam fazer todo processo por conta e via consulado, mas este é um caminho árduo e que muitas vezes leva ao fracasso, já que trata-se de um trâmite extremamente burocrático e cheio de detalhes. Por isso, é necessário o auxílio de uma assessoria que já conhece bem os caminhos;
  6. Vias para requerimento: Existe sim mais de uma via para requerer a cidadania italiana, porém, com a ajuda de profissionais qualificados, é possível entender qual a melhor maneira de iniciar o processo com assertividade.

Agora que os mitos e verdades foram esclarecidos, nada melhor do que tirar os planos do papel e buscar esse direito que traz tantos benefícios em um dos países mais promissores do mundo.

Sobre a Simonato Cidadania:

Fundada em 2016, com sede localizada em São Paulo, no famoso bairro da Liberdade, a Simonato Cidadania é a idealização do sonho de Lilian Ferro e sua sócia. Com o desejo de se tornar uma cidadã europeia, Lilian iniciou, também em meados de 2016, o processo para reconhecimento de sua cidadania italiana. Foi aí que os obstáculos se transformaram em oportunidades. Após um longo estudo de mercado e muita determinação, ela e Juliane arregaçaram as mangas e embarcaram no sonho de centenas de descendentes, utilizando das próprias experiências boas e ruins para ajudar outras pessoas. No começo da atuação da empresa, os trabalhos eram realizados apenas pelas duas. Em menos de dois anos, a empresa já contava com quatro funcionários e, durante a pandemia, entre 2020 e 2021, passaram para um quadro de 30 colaboradores, com um crescimento acelerado no faturamento de mais de 700%. Se não bastasse todos os diferenciais citados, a Simonato Cidadania ainda exerce uma função social muito importante. Como meta, ela prioriza a contratação de mulheres e da comunidade LGBTQIA+ para compor a equipe, sempre em busca de valorização e combate à discriminação que, querendo ou não, ainda permanece enraizada na sociedade como um todo. E é atuando no verdadeiro sentido da palavra confiança que a Simonato Cidadania vem tornando sonhos possíveis e aproximando milhares de brasileiros de um dos países mais importantes e queridos da Europa, a bela Itália.

Para saber mais sobre o trabalho de Lilian Ferro, da Simonato Cidadania, basta segui-la em suas redes sociais:

Instagram

YouTube

Facebook

www.simonatocidadania.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Desafio Reis da Rua celebra o futebol, cultura e empreendedorismo em bairros periféricos de Salvador

Publicado

em

De

Evento servirá como vitrine à cultura de rua e já tem seis etapas confirmadas para a capital baiana

Salvador está confirmada como a primeira cidade brasileira a receber o Desafio Reis da Rua, evento nacional que promove o esporte, a cultura e o empreendedorismo comunitário. Nas seis etapas já confirmadas para a capital baiana serão atrações para as comunidades: futebol de rua, oficinas de grafite, capoeira, danças urbanas, gastronomia, batalhas de rima e economia criativa.

Iniciativa da Taurus Group e do Portal DaBase, a primeira edição do evento será no dia 18 de maio, na Baixinha do São Gonçalo, no Cabula. Cidade Nova, Candeal e Canabrava também já estão confirmados como bairros que participarão do circuito nos próximos meses. Os times campeões de cada etapa se encontrarão em uma edição master, numa grande final, em dezembro, para medir forças e sacramentar quem são os verdadeiros “Reis da Rua de Salvador”.

“O Desafio Reis da Rua é mais do que um evento. É uma plataforma de transformação social. Estamos criando um espaço onde os jovens poderão expressar suas habilidades com a bola nos pés ou através da arte; e onde a comunidade vai celebrar a nossa cultura única, através da arte, gastronomia e economia criativa. Queremos que cada participante, seja no campo, nas atividades ao redor dele ou na plateia, sinta-se como um rei ou rainha de sua rua”, destaca Jiovani Soeiro, idealizador e organizador do evento.

Além de Salvador, o evento tem previsão de passar por cidades do interior baiano e por mais sete capitais brasileiras: Maceió/AL, Recife/PE, João Pessoa/PB, São Paulo/SP, Goiânia/GO e Palmas/TO, além do Distrito Federal.

Futebol raiz

No coração do Desafio Reis da Rua, a competição de futebol de rua se destaca. Com jogos de cinco contra cinco, numa arena fechada onde a bola nunca sai, e com traves no famoso formato de “golzinho”, a dinâmica promete ser incessante do início ao fim. A habilidade, a criatividade e arte do improviso ditarão o ritmo enquanto a bola estiver rolando. É esse ambiente que vai atrair observadores técnicos, os conhecidos “olheiros”, de grandes clubes do país ao evento.

O Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria Estadual de Turismo, e a Amvox, já confirmaram patrocínio, apostando no potencial transformador do evento para as comunidades envolvidas.

“Estamos promovendo um legítimo movimento cultural, que vai proporcionar uma experiência completa com atividades que vão além do esporte, promovendo a cultura de rua em todas as suas formas. É um convite aberto a todos os soteropolitanos para celebrar, participar e apreciar a riqueza cultural da nossa gente”, crava Soeiro.

Continue lendo

Cultura

Cia. VN Teatro apresenta: “As Crônicas de um Viajante”, uma viagem teatral para toda a família

Publicado

em

De

Prepare-se para embarcar em uma jornada emocionante com a nova produção da Cia. VN Teatro: “As Crônicas de um Viajante”. Sob a direção de Reinaldo Nunes, este espetáculo promete encantar espectadores de todas as idades com uma fusão de teatro popular e contação de histórias.

“A Sopa de Pedra”, “A História de Jonas” e “A História do Nariz Verde” são os pilares sobre os quais Reinaldo Nunes construiu “As Crônicas de um Viajante”. Ao unir elementos dessas histórias tradicionais, Nunes almejou criar uma obra que não apenas entretenha, mas também transmita valores e princípios essenciais.

“Eu sou ator e contador de histórias. E todo o meu trabalho, a minha carreira, sempre misturei essas linguagens”, revela Nunes. Com base em histórias tradicionais como essas, a peça tece uma narrativa envolvente que celebra valores como unidade, fé e autenticidade.

“A Sopa de Pedra não é uma história especificamente cristã, mas ela trabalha sobre unidade, ela fala sobre amizade, ela fala sobre empatia. Então, eu acho muito interessante para esse momento”, acrescenta o diretor.

Uma Experiência Teatral Interativa

A essência de “As Crônicas de um Viajante” reside na sua abordagem lúdica e interativa. Utilizando elementos do teatro popular e da contação de histórias, a produção transforma objetos simples em cenários mágicos, convidando o público a embarcar em uma jornada de imaginação e criatividade.

“A manipulação de objetos, a transformação de objetos, isso abre essa janela, abre a janela pro lúdico, abre a janela pra imaginação”, explica Nunes. Com uma trilha sonora envolvente e personagens caricatos, a peça promete uma experiência teatral memorável para toda a família. “A brincadeira de transformar objetos, de manipular objetos, isso faz parte do universo infantil”, destaca o diretor.

Não perca a oportunidade de se encantar com “As Crônicas de um Viajante” e embarcar em uma aventura teatral que ficará na memória por muito tempo. Garanta já o seu ingresso e junte-se a nós nesta emocionante jornada!

SERVIÇO:

Evento: “As Crônicas de um Viajante”

Data: 25 de maio de 2024

Horário: 16h

Local: Teatro Conchita de Morais

Endereço: Praça Rui Barbosa, 12 – Santa Teresinha (Santo André)

Ingresso: R$ 10,00

Para mais informações e reservas, entre em contato pelo telefone (11) 9433.76149 (Reinaldo).

Continue lendo

Cultura

Milena Pereira Lança Livro em Evento Internacional

Publicado

em

De

A administradora de empresas e escritora Milena Pereira lança seu livro “Callahara 2 – Depois do Casamento”, no sábado, dia 18/05, às 17h, no 10º Encontro Internacional de Culturas Lusófonas Portugal 2024, na Biblioteca Pública De Évora, Portugal. A obra também tem lançamento marcado para a Bienal de São Paulo, em setembro.

A moradora de Niterói foi convidada pela Editora Mágico de Oz para lançar seu livro em Portugal ao conhecê-la quando Milena foi homenageada em Boston, Estados Unidos, com o troféu Boston Arts e Letters Awards, em março de 2024. Conhecida em inovar em suas obras trazendo modelos famosos para suas capas, como o ator Sidney Sampaio, que deu vida ao personagem do livro “Baldizón, O Professor”, Milena pontua:

“Estou muito emocionada com esta conquista. Meu livro foi pensado em cada detalhe, tendo as fotos assinadas por Vinny Nunes, fotógrafo das estrelas, que assina capas de revistas famosas e outdoors, porém, é a sua primeira capa de livro. Felipe Karrete, modelo da primeira capa, se mantém dando rosto ao personagem Felipe Callahara e mostrando o amadurecimento do personagem neste novo livro. Foram tantas parcerias e apoios neste projeto que eu só posso agradecer! Principalmente a Francisco Martins, Cabide Dream e a Nova Lucius Icaraí.”

Sobre o livro Callahara 2 – Depois do Casamento – Helena se casou com seu assistente. Segundo ela foi a coisa mais louca e incrível que já fez. Saiu da sua zona de conforto e arriscou toda a sua vida. Felipe continua o mesmo do livro 1: abusado, invasivo, mandão e cabeça dura. Ela também não mudou muita coisa… A obra, como a primeira (Callahara – O Assistente) irá fazer o leitor rir, chorar, se irritar, mas o principal é que irão viver um pouquinho mais de Lena e Lipe.

Milena Pereira é natural de São Paulo e moradora de Niterói desde os 10 anos, cidade que ela tanto ama. É Gestora de Comércio Exterior, além de escritora e conselheira infantil na sua igreja. Atua também como consultora empresarial. Publicou “Baldizón, O Professor”, “Callahara, O Meu Assistente” e, está lançando, “Callahara 2, Depois do Casamento”. Tem mais 2 livros em  ebook pela Amazon: “A Profecia” e “Inesquecível”. No Wattpad tem disponíveis os livros: “Conto de fadas da vida real”, “A vida com o príncipe”, “O Reinado”, “O Sócio” e “Sempre foi você”. Também participou da Coletânea “Gestão Competitiva: Casos Corporativos” e publicou um artigo pela Universidade de Brasília: “Projeto Rondon – Um impacto imensurável”. Ganhou o prêmio “The Watts: Joias Escondidas” pelo Wattpad em 2016, ficando entre os 10 premiados entre mais de 100.000 inscritos. Recebeu também uma moção de aplausos pela Câmara Municipal de Niterói, em 2019, como “Mulher Profissional Destaque”. Além de receber o título de referência e qualificação literária DOMINUS/LITERARY DOMINA/LITERARY DOMINUM pela Academia Independente de Letras (AIL) e Casa Literária Enoque Cardozo (CLEC), em Pernambuco em 2023, também foi homenageada como o troféu Boston Arts e Letters Awards, em março de 2024, na Embaixada do Brasil em Boston – Estados Unidos.

Instagram: @autoramilenah

Fotos: Vinny Nunes

Continue lendo
Propaganda

Destaque