Conecte-se Conosco

Noticias

Psicólogo Felipe Rosenberg defende uma espiritualidade cognitivo comportamental para superar desafios do TDAH

Em 2021, no auge da pandemia, as pessoas passaram por uma verdadeira avalanche de problemas, que desafiavam a saúde física, financeira e mental. Tanto que o conceito “neurodiversidade” teve protagonismo nas discussões online, em especial, a sigla TDAH -Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade. Nesta mesma época, surgiu a hashtag #ADHD (sigla inglesa do TDAH), que se tornou uma tendência relevante no TikTok, com vídeos e relatos engraçados sobre esquecimentos, perdas de objetos, procrastinação e outras características típicas do transtorno. Entretanto, mesmo com a proliferação de conteúdo online relacionado ao TDAH, uma pesquisa conduzida no Canadá, constatou que muitos desses vídeos […]

Publicado

em

Em 2021, no auge da pandemia, as pessoas passaram por uma verdadeira avalanche de problemas, que desafiavam a saúde física, financeira e mental. Tanto que o conceito “neurodiversidade” teve protagonismo nas discussões online, em especial, a sigla TDAH -Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade.

Nesta mesma época, surgiu a hashtag #ADHD (sigla inglesa do TDAH), que se tornou uma tendência relevante no TikTok, com vídeos e relatos engraçados sobre esquecimentos, perdas de objetos, procrastinação e outras características típicas do transtorno.

Entretanto, mesmo com a proliferação de conteúdo online relacionado ao TDAH, uma pesquisa conduzida no Canadá, constatou que muitos desses vídeos do TikTok com a hashtag #ADHD, eram na verdade, imprecisos e somente 21% das postagens ofereciam informações corretas e úteis.

Ou seja, o tema é relevante e urgente, e por isso, cada vez mais profissionais da psicologia tem se colocado como fontes confiáveis para esclarecimentos de mitos e verdades sobre TDAH, bem como divulgado novas abordagens sobre o tema. Neste cenário, está inserido o psicólogo Felipe Rosenberg, que também tem TDAH e é defensor de uma abordagem terapêutica inovadora:

“Acredito em uma abordagem integrativa e inovadora para o tratamento de TDAH, que surge da combinação da Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) e Logoterapia, aliadas a uma espiritualidade cognitivo comportamental”,explica.

Dr. Felipe Rosenberg - Crédito da Foto: Descobrindo o Sentido / Divulgação

Dr. Felipe Rosenberg – Crédito da Foto: Descobrindo o Sentido / Divulgação

Impactos do TDAH na vida cotidiana

Na vida pessoal:

“O TDAH transcende a simples falta de atenção, manifestando-se em diversos aspectos da vida diária. No ambiente acadêmico, a dificuldade de concentração e a procrastinação são desafios constantes. As relações sociais também são impactadas, com a impulsividade podendo levar a desentendimentos e dificuldade em manter amizades”, afirma Felipe.

Na vida profissional:

“No ambiente profissional, a capacidade de foco é comprometida, e a procrastinação torna-se uma companheira constante. Nos relacionamentos, a impulsividade pode causar turbulências, tornando difícil manter a estabilidade”, explica Rosenberg.

De acordo com o psicólogo, o tratamento do TDAH vai além do uso de medicação e deve contar com abordagens terapêuticas inovadoras tais como:

Terapia Cognitivo-Comportamental, voltada para a organização da vida e controle emocional. Terapia mindfulness, que é um treino mental de atenção plena que ajuda a focar e abaixar a impulsividade, algo que pesa para quem tem TDAH.

A Terapia dos Esquemas que mergulha nos traumas e padrões de pensamento desde a infância, enquanto a Terapia Cognitiva Focada na autocompaixão que busca desenvolver a autocompaixão para enfrentar desafios de maneira positiva. Já o neurofeedback proporciona um treino cerebral futurista e ajuda a controlar a atividade cerebral e melhorar o foco.

Tratamento inovador baseado na espiritualidade cognitivo comportamental

O psicólogo Felipe Rosenberg defende uma espiritualidade cognitivo comportamental que conforme sua experiência pessoal e clínica, desempenha um papel crucial, proporcionando uma base para transcender o ego, enfrentar a vida com motivação e enxergar os desafios como oportunidades: “Falo espiritualidade, não religiosidade, e minha espiritualidade é cognitivo comportamental, é bem PNL (Programação Neurolinguística), é logoterapêutica, sendo a Logoterapia uma terapia que considera a espiritualidade como importante para encontrar sentido e propósito na vida”.

A logoterapia, por sua vez, possui uma abordagem destacada por oferecer um sentido à vida, significado e motivação, promovendo a resiliência diante dos desafios: “A logoterapia, é a abordagem que me tirou da depressão e me ajudou a encontrar um sentido na vida, significado e motivação, resiliência para enfrentar a luta da vida. Me ensinou a me autodistanciar do que me afeta e me autotranscender afim de fazer a vida funcionar e prosperar na psicologia”, explica Felipe.

E ele ainda acrescenta: “Costumo dizer nos atendimentos e nos vídeos que faço para o @DescobrindoOSentido: “Se a nossa mente, mente para gente, porque não podemos mentir para ela?”. Nós somos os programadores da nossa mente, dos nossos pensamentos, e a espiritualidade contribui transcendermos nosso ego e conseguirmos vencer as comorbidades que viver com o TDAH nos trouxe na vida.”

Com a abordagem terapêutica que abarca a espiritualidade, a pessoa ganha um eixo, uma direção, um motivo para lidar com os “comos” da vida, uma motivação para enfrentar a vida, vendo os problemas como desafios, e não barreiras intransponíveis.

“Pessoas com TDAH, são pessoas com muita luz e pouco recipiente, a terapia em conjunto com a espiritualidade pode ajudar a moldar esse recipiente para acomodar a luz”, afirma o psicólogo que defende uma abordagem terapêutica que abarca a espiritualidade.

Tendo em vista o impacto social e o sofrimento diário de milhares de pessoas em virtude do TDAH, o psicólogo Felipe Rosenberg acaba de lançar o movimento “Descobrindo o Sentido do TDAH”, que visa proporcionar ferramentas para transformar a jornada diária de pessoas com o transtorno: “O objetivo é elaborar um plano de ação personalizado com uma estratégia de enfrentamento eficaz para o seu caso específico, além de ensinar técnicas eficazes para lidar com desafios do TDAH no cotidiano para ter uma vida mais organizada e uma mente mais tranquila”, explica.

“Enfim que quero dizer é que o TDAH afeta vários planos da vida de uma pessoa, não apenas a atenção, impulsividade, hiperatividade, mas há muita ansiedade. E o que é ansiedade, é necessidade de controlar as coisas. O que traz a espiritualidade? que não controlarmos nada! apenas influenciamos, e essa é a sacada do ´Movimento Descobrindo o Sentido do TDAH´, tratar o ser humano em todos seus âmbitos: biológico (com participação de um psiquiatra), psicológico, cognitivo, social e espiritual”, finaliza.

Dr. Felipe Rosenberg - Crédito da Foto: Descobrindo o Sentido / Divulgação

Dr. Felipe Rosenberg – Crédito da Foto: Descobrindo o Sentido / Divulgação

Sobre Felipe Rosenberg:

O Dr. Felipe Rosenberg é psicólogo (CRP 06/136317), TDAH e defensor da TCC e da Logoterapia aliadas à uma espiritualidade cognitivo comportamental. É um entusiasta na transformação de vidas combinando conhecimento científico, experiência pessoal e empatia. É líder do movimento “Descobrindo o Sentido do TDAH”.

Para informações sobre o movimento: “Descobrindo o Sentido do TDAH” e para agendar uma consulta com o psicólogo Dr. Felipe Rosenberg entre em contato através do WhatsApp: +5511945439514

ou e-mail: descobrindoosentido@gmail.com

Saiba mais em: https://linktr.ee/descobrindoosentido

https://www.descobrindoosentido.com.br/tdah

Continue lendo

Noticias

Conheça Kamila Smaili – Publicitária, Apresentadora de TV, Influenciadora Digital e Modelo

Kamila Smaili é profissional da área publicitária, apresentadora de televisão e influenciadora digital, atua há mais de uma década no ramo da moda, desempenhando o papel de modelo para renomadas marcas tanto do Brasil quanto do exterior. Em 2006, iniciou sua carreira em programas interativos, transmitidos ao vivo na televisão do Brasil. Com a chegada das redes sociais Kamila Smaili migrou seu trabalho para internet conquistando seguidores leais nas plataformas digitais devido ao seu jeito descontraído de viver e a confiança que construiu ao apresentar programas na Band e Rede TV nos últimos tempos. Kamila compartilha com mais de 100 […]

Publicado

em

De

Kamila Smaili é profissional da área publicitária, apresentadora de televisão e influenciadora digital, atua há mais de uma década no ramo da moda, desempenhando o papel de modelo para renomadas marcas tanto do Brasil quanto do exterior.

Em 2006, iniciou sua carreira em programas interativos, transmitidos ao vivo na televisão do Brasil.

Com a chegada das redes sociais Kamila Smaili migrou seu trabalho para internet conquistando seguidores leais nas plataformas digitais devido ao seu jeito descontraído de viver e a confiança que construiu ao apresentar programas na Band e Rede TV nos últimos tempos.

Kamila Smaili - Crédito da Foto: Acervo Pessoal

Kamila Smaili – Crédito da Foto: Acervo Pessoal

Kamila compartilha com mais de 100 mil seguidores em suas redes sociais seu amor pelo estilo de vida saudável e beleza, trazendo também dicas de moda.

Recomenda itinerários de locais requintados e vive cercada de amigos.

Atualmente, Kamila representa grandes marcas nacionais e internacionais, desde de alimentos saudáveis até marcas de luxo no Instagram.

Seu público variado acompanha sua rotina de vida e de cuidados fielmente e por isso também ela lançou sua própria hashtag #DicasDaSmaili e assim compartilha com os seguidores sugestões de produtos e locais que ela consome, aprova e confia.

Confira mais através do Instagram @kamila_smaili

Kamila Smaili - Crédito da Foto: Acervo Pessoal

Kamila Smaili – Crédito da Foto: Acervo Pessoal

Continue lendo

Noticias

Imersão O Marca Pessoal Sentidos com Ari Brito

Conectando-se com a Natureza: benefícios de passar mais tempo ao ar livre Estudo mostra que duas horas por semana de contato com a natureza podem reduzir sintomas de ansiedade, depressão e estresse. Problemas de saúde mental são uma realidade cada vez mais presente no mundo todo, incluindo no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o país é considerado o mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo. A pandemia de covid-19 agravou ainda mais a situação. O relatório científico divulgado pela OMS indica que no primeiro ano da pandemia covid-19 a prevalência global de ansiedade e depressão […]

Publicado

em

De

Conectando-se com a Natureza: benefícios de passar mais tempo ao ar livre

Estudo mostra que duas horas por semana de contato com a natureza podem reduzir sintomas de ansiedade, depressão e estresse. Problemas de saúde mental são uma realidade cada vez mais presente no mundo todo, incluindo no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o país é considerado o mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo. A pandemia de covid-19 agravou ainda mais a situação.

O relatório científico divulgado pela OMS indica que no primeiro ano da pandemia covid-19 a prevalência global de ansiedade e depressão aumentou em 25%. O relatório também destaca quem foi mais afetado e resume o efeito da pandemia na disponibilidade de serviços de saúde mental e como isso mudou durante esse período.

Com o aumento da preocupação para encontrar soluções para essa área, novos estudos e terapias alternativas vêm surgindo. Um estudo publicado por pesquisadores da UnB comprovou que após caminhada de 30 minutos ao ar livre voluntários relataram melhora nas suas emoções e sensação de relaxamento.

Imersão Marca Pessoal - Crédito da Foto: Divulgação

Imersão Marca Pessoal – Crédito da Foto: Divulgação

Cada vez mais, há uma crescente procura por terapias complementares que buscam a imersão e interação com o meio ambiente. De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde as terapias complementares também auxiliam na manutenção do bem-estar e da saúde mental. Em técnicas de relaxamento como yoga, meditação e respiração profunda, o corpo pode chegar a um estado de tranquilidade saudável “que é o oposto polar da resposta ao estresse”.

Conduzida por profissionais e estudiosos da área da terapia e desenvolvimento humano, o Marca Pessoal Os Sentidos vem atendendo essa crescente demanda e através da imersão realizada na natureza traz uma série de competências para beneficiar a autoestima e desenvoltura de quem participa. Um Final de Semana rico em autoconhecimento através do despertar dos Sentidos, integrando os elementos da Natureza em sua vida, trazendo a coragem de ser quem se é na sua essência para que cada pessoa vivencie a sua melhor versão com qualidade de vida.

Alimentação vegana - Crédito da Foto: Divulgação

Alimentação vegana – Crédito da Foto: Divulgação

A imersão Marca Pessoal Os Sentidos é um convite para despertar e se conectar com os elementos da natureza. Através de vivências e meditações específicas para cada um dos sete sentidos, onde os participantes vivenciam intensamente:

* Visão: Desenvolver uma nova perspectiva sobre si mesmo e o mundo ao seu redor.
* Audição: Aprimorar a escuta ativa e melhorar suas relações interpessoais.
* Paladar: Saborear uma alimentação vegana e orgânica, sentindo os benefícios no corpo, mente e espírito.
* Tato: Se permitir sentir além do físico, conectando-se com a própria essência.
* Olfato: Despertar a intuição e a premonição, através do aroma da natureza.

Conexão com os Elementos da Natureza: A imersão também proporciona uma conexão profunda com os cinco elementos da natureza:
Fogo: Acender a chama interior e colocar a energia do fogo nos sonhos e projetos.
* Água: Purificar e acalmar as emoções, permitindo-se sentir e chorar livremente.
Ar: Deixar ir o que pesa na caminhada, liberando-se de pensamentos negativos.
* Terra: Trazer para o material os maiores sonhos, florescendo e prosperando.
Éter: O nosso campo etéreo, conectando todos os elementos da Natureza com a nossa essência Local Único e Energia Singular.

A imersão Marca Pessoal Os Sentidos é realizada em um local único e exclusivo. Situada em São Sebastião, São Paulo, a Casa Bacarirá é reconhecida como um local de retiro para os indivíduos que desejam estabelecer uma conexão equilibrada com o meio ambiente. Com uma extensão de mais de vinte hectares de Mata Atlântica preservada, o espaço proporciona uma variedade de atividades voltadas ao turismo sustentável e ao bem-estar físico e mental.

Além disso, a Casa Bacarirá oferece experiências únicas, como banhos de floresta, argiloterapia, banhos de ervas, cerimônias de cacau e rodas de Tambores, com o propósito de promover a reconexão com a natureza.

A oferta de uma alimentação consciente, vegana e baseada em vegetais com inspiração na macrobiótica é uma das experiências mais aclamadas do local, conforme ressaltado por Sofia Widmer, anfitriã do sitio.

A Casa Bacarirá serve como um espaço acolhedor e de compartilhamento, onde os indivíduos podem encontrar paz, tranquilidade e bem-estar, permitindo a reconexão tanto com a natureza quanto com a essência de cada um.
O especialista em estratégia em branding e marketing pessoal Anderson Zanchin, além de frequentador assíduo da Casa Bacarirá, também passou pela imersão “O Marca Pessoal Sentidos”. “Vivenciar o Marca foi um divisor de águas na minha vida pessoal e profissional. Foi a oportunidade perfeita para que eu pudesse parar para olhar o momento da minha vida, o caminho que gostaria de trilhar dali para a frente. Além de passar um fim de semana com Ari Brito, que é sumidade na neurociência, um exemplo e sem dúvida pra mim uma inspiração”. Declara Zanchin.

🌟 PERMITA-SE! Próxima Turma – 27 à 29 de setembro

https://www.minhamarcapessoal.com.br/

Ari Brito - Crédito da Foto: Divulgação

Ari Brito – Crédito da Foto: Divulgação

O Marca Pessoal Desenvolvimento Humano possui a Missão de ajudar pessoas no seu Desenvolvimento Pessoal em todas as áreas de sua vida, com a utilização da Neurociência, Programação Neolinguística e experiência de vida. Atuando com treinamentos e palestras para o Corporativo com o intuito de promover uma jornada de desenvolvimento dos colaboradores, trabalhar as competências da equipe, principalmente as “Soft Skills”, o comprometimento do profissional na busca de soluções para as mudanças de ambiente, atuando diretamente na busca de seus princípios e valores, através de vivências de Programação Neurolinguística.

Facilitador Prof Ari Brito: Professor titular dos cursos de graduação e pós-graduação da UNISANTOS e da UNISANTA. Profissional de marketing há 30 anos. É facilitador de diversos treinamentos de atendimento, gerenciamento do tempo e marketing pessoal. Diretor Executivo e fundador do Marca Pessoal Treinamentos. Mestrado em Comunicação com Pós-graduação em Neuropsicologia e Psicologia Positiva entre outras. Membro da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento. Possui Leader Coach Internacional; Master Mind; PNL; Leader Training; Empretec e Qualidade Total do Sebrae. É Speaker TEDx internacional e membro do Grupo Palestras de Sucesso, a maior empresa de palestrantes do país.

Continue lendo

Noticias

É possível usar arquétipos para se conectar em um nível emocional com o público

Publicado

em

De

De acordo com Leonardo Queiroz, marcas como Disney e Harley Davidson são bons exemplos do uso e tem consumidores fieis

É muito comum que grandes marcas, sejam elas corporativas ou pessoais, façam uso de arquétipos para gerar conexão. Isso porque os arquétipos ressoam com as experiências humanas, emergindo de um inconsciente coletivo e ajudando a construir uma ligação forte em nível emocional.

De acordo com Leonardo Queiroz, retratista, formado em PNL e especialista em arquétipos, quando uma marca conhece bem seu público e entende a fundo suas demandas e valores, pode aproveitar todo o potencial dos arquétipos para gerar conexão e, consequentemente, vender mais produtos e serviços. “Podemos pensar em marcas como Walt Disney, por exemplo, que usa o arquétipo do mago, um arquétipo que representa a sabedoria e o poder associado à capacidade de criar. Ele estabelece conexão emocional com quem busca magia, transformação”, exemplifica.

O especialista também cita marcas como Harley Davidson e Diesel, que usam o arquétipo rebelde e geram conexão com um público que gosta de liberdade e independência. “Essas marcas sabem usar muito bem o poder do arquétipo para fortalecer a ligação com seu público. Quem consome um produto dessas marcas se sente mais livre”, afirma.

Segundo Leonardo Queiroz, alinhar uma marca com um arquétipo específico é comunicar não apenas o que se quer vender, mas também o que a marca representa em um nível mais simbólico e emocional. “Os arquétipos podem ser utilizados para comunicar valores, propósitos e diferenciais de forma consistente e ajudar a atrair quem acredita neles”, explica.

Ele ressalta que os arquétipos apelam diretamente para emoções e experiências universais, o que costuma ser muito eficaz em publicidade e storytelling, onde histórias arquetípicas podem evocar respostas emocionais poderosas.

“Uma vez que uma marca – seja uma empresa ou uma pessoa – estabelece uma forte conexão emocional com seu público através de arquétipos, isso pode levar à lealdade do cliente. Os consumidores se sentem compreendidos e valorizados em um nível mais profundo, o que os incentiva a permanecerem fiéis à marca”, finaliza.

Sobre Leonardo Queiroz

Leonardo Queiroz é retratista, formado em PNL e certificado pelo Richard Bandler. É empresário, empreendedor, esposo, pai e especialista em arquétipos, algo essencial para a utilização no posicionamento assertivo a fim de aumentar a percepção de valor sobre você e levar seu negócio para o próximo nível, tornando-o mais desejado ao público certo com atração autêntica. Para saber mais, acesse o insta leoqueirozcom

Continue lendo
Propaganda

Destaque