Conecte-se Conosco

Saúde

Você sabe o que é a niacinamida? Dr. Thiago Cunha tira duvidas sobre vitamínico

Publicado

em

A niacinamida, nada mais é do que a vitamina B3 em forma tópica e não é um ingrediente novo na composição dos cosméticos. Porém, nos últimos anos, ela tem ganhado cada vez mais espaço no mercado de beleza, assumindo o papel de composto versátil e aparecendo em produtos com funções diversas, desde clareadores de manchas, anti-inflamatório, antiacne e muito mais.

O dermatologista Dr. Thiago Cunha, (RQE 49.516) aponta que, a princípio, esse principio ativo ficou famoso por incentivar a renovação celular. “Ela contribui para a ativação dos fibroblastos que ficam na derme, que são como uma espécie de fábrica natural de colágeno, então ajuda a aumentar a produção de colágeno e elastina do tecido. Por isso, acabou ficando conhecida como um produto eficiente para o rejuvenescimento. No entanto, observou-se que o uso de concentrações mais elevadas, por volta dos 10%, proporcionam diversos outros benefícios, como inibir a migração de esferas de pigmento que estão nos melanócitos para os queratinócitos, ajudando muito no efeito de clareamento, além de propriedades antioxidantes e de restauro da barreira cutânea.”

Principais benefícios

Por se tratar de um composto versátil e suave, a niacinamida pode aparecer como um aliado de outros ingredientes em cosméticos. “Entre todas as funções que essa vitamina oferece, podemos destacar o estímulo à renovação celular, a uniformização do tom da pele, e a ação antioxidante, que favorece a eliminação dos radicais livres. Ela também é cicatrizante e calmante, ajuda na hidratação e fortalece a barreira cutânea (com a síntese de ceramidas, ácidos graxos e filagrina). Além de prevenir o envelhecimento precoce e auxiliar no controle da oleosidade da pele.”

Produtos com niacinamida e seus benefícios

O médico ressalta que atualmente no Brasil temos várias opções de seruns de niacinamida Mais concentrada. “Na hora da escolha importante observar a textura em sérum, mais líquida para maior penetração na pele, a concentração de 10%, ausência de fragrância para reduzir o risco de dermatite alérgica e presença de compostos associados como zinco no caso de uma pele mais oleosa e o ácido hialurônico e probióticos, no caso de peles mais secas”, conclui.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Doutor Manoel Buco fala sobre a experiência de participar da 23° edição do maior Congresso de Harmonização Orofacial da América Latina

Publicado

em

De

O especialista transmitiu sua vasta experiência palestrando sobre os bioestimuladores de curta e longa duração

 

Conhecido por sua alta relevância na Harmonização Facial, HOF, Implantes e Cirurgia BucoMaxiloFacial, o Doutor Manoel Buco participou recentemente do Contox, maior Congresso de Harmonização Orofacial da América Latina. Realizado na cidade de Goiânia, o projeto já se encontra em sua 23° edição, tendo abordagem de assuntos atuais e de grande importância para o mundo da estética.

 

Com a parceria de diversos profissionais que passaram um pouco do seu conhecimento ao público, o Congresso serviu como uma oportunidade de conhecer as diversas áreas da harmonização orofacial, conectando as pessoas — sejam as que já estão no meio ou quem ainda está ingressando —, com o que há de melhor no ramo.

 

Sócio e proprietário do Instituto Manoelbuco e do Prevclint, falou um pouco sobre os bioestimuladores de curta e longa duração, dando grandes informações para o público que considerou aquela uma das palestras mais empolgantes do evento. “O evento foi renovador, maravilhoso. Acredito que tanto eu, quanto meus companheiros conseguimos abrir novas ideias na mente das pessoas que nos assistiam. Foi uma experiência diferenciada, com certeza”, comenta. 

 

Manoel não apenas falou sobre o procedimento em si, ele deixou o ambiente descontraído mostrando a importância do trabalho humanizado, relacionando a necessidade de saber como se comportar e influenciar as pessoas, atendendo os desejos de cada um individualmente.

 

Com plateia extremamente lotada e palestra direcionada a auto estima e motivação, o doutor indicou a importância de um planejamento para o rosto antes de realizar qualquer tipo de procedimento, além dos cuidados após a realização do tratamento de beleza, deixando com que todos que assistiram sua apresentação saíssem renovados e com um conhecimento diferenciado na qual apenas o especialista seria capaz de transmitir.

 

Sobre Manoel Buco

 

Manoel Buco é um Pesquisador,  Empreendedor e Cirurgião Dentista formado pela Universidade Federal de Uberlândia, além de Professor do curso de graduação em Odontologia na Faqui, e especialização em Harmonização Facial, Implante e Cirurgia, pela FACOOP. Membro da Associação Cultural, Literária Mãos e Olhares, participou de vários livros de artigos científicos. 

 

Responsável pelo serviço de Urgência de trauma de face em quatro hospitais, é membro da Associação Nacional dos Cirurgiões da Face, além de realizar palestras de vários cursos e congressos. Já realizou mais de 80 mil cirurgias ao longo de sua carreira profissional, sendo conhecido internacionalmente como Doutor dos Modelos. Manoel, que conta com um trabalho muito forte em Goiânia, é responsável por cuidar do rosto das principais misses da cidade. 

 

O doutor, que conta com mais de 70 mil seguidores no Instagram, já atendeu mais de 10 mil pacientes de harmonização orofacial e ensinou cirurgia para mais de mil alunos. 

 

Continue lendo

Saúde

Alterações de hábitos intestinais e presença de sangue nas fezes são sinais de alerta para o câncer anal

Publicado

em

De

A cantora Simony teve o diagnóstico de câncer na parte final do intestino, próximo ao ânus, em exames de rotina

A cantora Simony revelou na última quarta-feira (03/08) que está com câncer no intestino. Aos 46 anos, a artista descobriu o tumor na parte final do órgão, próximo da região anal, durante um exame de colonoscopia. Ela relatou que estava com uma íngua — inflamação nos linfonodos — e foi fazer exames de rotina. “A colonoscopia, que eu nem sabia que a gente precisava fazer após os 45 anos, é muito importante. Por esse exame eu descobri um câncer”, relatou a artista que passará por tratamento de radioterapia e quimioterapia.

De acordo com Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de intestino abrange os tumores localizados na parte do intestino grosso chamada cólon, no reto (final do intestino, imediatamente antes do ânus) e no ânus. Também é conhecido como câncer de cólon e reto ou colorretal.

O câncer anal ocorre no canal e nas bordas externas do ânus. Os tumores malignos surgem em tipos diferentes de tecidos, sendo o carcinoma epidermoide responsável por 85% dos casos. O câncer anal é raro e representa de 1 a 2% de todos os tumores colorretais.

A doença apresenta características bastante distintas dos tumores colorretais em sua evolução natural, tratamento e prognóstico. Porém, os sintomas podem ser confundidos com outras doenças colorretais, como explica o coloproctologista, Ramon Mendes. “Se o paciente tiver sangramento, perda de peso, dor e caroço em região anal, mudança no formato das fezes é importante passar por uma avaliação do especialista. O sangramento anal é um dos sinais mais comum, ocorrendo em aproximadamente 45% dos pacientes, muitas vezes pode ser falsamente atribuído à doença hemorroidária. Dor e sensação de massa em região pélvica pode estar presente em até 30% dos casos.”, aponta.

Há outros sintomas que devem ser considerados como incontinência fecal, fístulas, tenesmo que é a vontade intensa de evacuar sem conseguir e perda do controle esfincteriano, que pode surgir em tumores mais avançados. “Normalmente o diagnóstico é feito por exame proctológico. A colonoscopia é altamente indicada, já que possibilita a prevenção primária (retirar lesões presas na parede do intestino que podem evoluir para um câncer) e a prevenção secundária (diagnóstico precoce, descobrindo a doença em fase inicial, quando há maior chance de cura)”, salienta Ramon Mendes, que também é diretor do Núcleo de Coloproctologia do Instituto Baiano de Cirurgia Robótica (IBCR) e responsável pela primeira cirurgia robótica de câncer colorretal na Bahia.

Segundo Ramon Mendes, existem fatores que ampliam o risco da doença que podem ser combatidos com mudança de hábitos de vida e no comportamento sexual. “Algumas infecções, como as causadas pelo HPV e pelo HIV, infecções sexualmente transmissíveis (IST), como condilomatose, gonorreia, herpes genital e clamídia e prática do sexo anal. Por isso, a importância da utilização do preservativo (camisinha) em todas as relações sexuais. É importante estar atento no tratamento e cuidados de fístula anal crônica (ligação anormal entre a superfície do canal anal e o tecido em volta do ânus, com secreção purulenta). Caso seja fumante, precisa parar de fumar. Quanto mais cedo cessar o tabagismo, menos chances terá de adoecer por doenças tabacorrelacionadas”.

Tem maior vulnerabilidade os pacientes imunodeprimidos que se submeteram a transplantes de rim ou coração, e é importante salientar que condições precárias de higiene e irritação crônica do ânus aumentam o risco de desenvolver o câncer anal.

A detecção precoce do câncer é uma estratégia utilizada para encontrar um tumor numa fase inicial e, assim, possibilitar maior chance de tratamento bem-sucedido. “A detecção precoce pode ser feita por meio da investigação com exames clínicos, laboratoriais, endoscópios ou radiológicos, de pessoas com sinais e sintomas sugestivos da doença (diagnóstico precoce), ou de pessoas sem sinais ou sintomas (rastreamento), mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença. Não há evidência científica de que o rastreamento do câncer de ânus traga mais benefícios do que riscos e, portanto, até o momento, ele não é recomendado. Já o diagnóstico precoce desse tipo de câncer possibilita melhores resultados em seu tratamento e deve ser buscado com a investigação de sinais e sintomas”, alerta.

O tratamento é feito com radio e quimioterapia, com taxas de cura em torno de 65 a 90%, sem a necessidade de amputações e perda esfincteriana, como tratamento inicial.

Continue lendo

Saúde

Com atendimento voltado para as capitais, José Henrique dos Santos Silva planeja expansão da sua clínica

Publicado

em

De

Vindo de Igaracy, na Paraíba, José Henrique dos Santos Silva, chegou no Distrito Federal aos 8 anos junto aos seus pais que buscavam novas oportunidades. Levando uma vida difícil, já que o pai era pedreiro e a mãe empregada doméstica, o empresário teve que começar a trabalhar desde cedo para ajudar na renda da família.

Aos 15 anos, entrou em uma empresa de venda de convênios médicos e odontológicos, passando por diversas outras instituições, sempre como vendedor. Em um período que estava desempregado, surgiu a oportunidade de fazer gratuitamente no Senac os cursos de Recepção em Serviços de Saúde, Faturamento Médico Hospitalar e Administração em Serviços Hospitalares, na qual José decidiu investir seus conhecimentos.

Em seguida, fez uma graduação, optando por seguir na área de estética. Aos 28 anos, se tornou proprietário de duas unidades da clínica Corpus Estética Avançada, além de aceitar a oportunidade de ser sócio do Centro Especializado Vigor.

“Abri minha primeira clínica no Setor Comercial Sul com 5 mil reais emprestados pelo meu pai. Depois abri outra em Águas Claras e me fundi a um grupo empresarial, onde sou dono da parte clínica. Após fazer os cursos do Senac, me formei em biomedicina e sou atuante da área na parte estética, como biomédico esteta”, afirma José, que agradece imensamente por ter realizado o curso no Senac no momento em que estava desempregado.

“Consegui bolsa no Senac, porque não tinha condições de pagar pelos cursos. O empreendedorismo foi recorrente aos cursos que eu fiz nessa instituição”, destaca. Ele afirma ainda que tudo o que sabe sobre a parte administrativa aprendeu na instituição. “Hoje levo para a vida inteira o conteúdo que aprendi lá. Para mim, o curso Administração Hospitalar foi um dos melhores que fiz na vida. Tive uma excelente professora”, relembra.

Atualmente, o empreendedor não faz mais parte das empresas citadas, tendo aberto uma nova empresa que leva o seu nome. “Hoje estamos atendendo nas 3 capitais Brasília, Bahia e Rio. Minha meta é conseguir realizar o máximo de sonhos dos nossos pacientes”, explica.

José Henrique acredita que o sucesso que conquistou no campo profissional deve-se ao estudo e à perseverança. “Não tive tempo de olhar para a idade. Só fui aproveitando as oportunidades que Deus me tinha dado. Sempre acreditei que eu poderia mudar a minha realidade sendo empreendedor, porque eu sabia que não estava sendo empregado e que poderia mudar de vida. Hoje, deixo as minhas funcionárias bem à vontade para fazerem o que querem em termos de trabalho, pois sabem que o trabalho depende mais delas do que de mim. E foi isso o que me fez crescer na vida, saber que o meu trabalho, fruto de dinheiro, dependia de mim”, complementa.

“Espero continuar crescendo e me destacar ainda mais no meu segmento, pois Deus tem me abençoado muito”, conclui.

Continue lendo

Destaque